Deposição em Aterro Sanitário
Garantir segurança e produzir energia

Um Aterro Sanitário é um espaço destinado à deposição final de resíduos gerados pela atividade humana – na EGF é também a última opção ambiental num sistema de gestão integrada, situação que existe em Portugal. Ainda assim, é muitas vezes a única forma de garantir segurança à deposição de resíduos indiferenciados, garantindo um sistema de proteção ambiental rigoroso, drenagem adequada de lixiviados e de biogás. Mas apesar de ser um sistema de deposição final, é ainda possível produzir energia a partir do biogás, e a EGF produziu em 2015, 219.000 MWh de energia. Num aterro sanitário existe também uma rede de drenagem do biogás (gases provenientes da biodegradação da massa de resíduos), o qual é encaminhado para valorização energética ou queima. Um aterro sanitário deve também ter um sistema de monitorização ambiental, o qual engloba o controlo dos lixiviados, do biogás, das águas subterrâneas, das águas superficiais e das alterações topográficas. Quando atinge o limite da sua capacidade, o aterro sanitário é alvo de um processo rigoroso de encerramento e arranjo paisagístico adequado, podendo ser, posteriormente, um espaço verde ou um parque de lazer para usufruto pela população, em boas condições de segurança e ambientais.

Aterros Sanitários
Aterro Sanitário de Mato da Cruz
Localização: Mato da Cruz 2615-623 Calhandriz - Vila Franca de Xira
Área ocupada: Células 1 e 2 de RU da Valorsul (em exploração): área - 13,8 ha ; Futura Célula 3 de RU Valorsul: área - 1,45 ha; Célula de RU de VFXira (selada): área - 8,0 ha; Células 1 e 2 de Cinzas Inertizadas (em exploração): área - 4,5 ha; Plataforma para tratamento e valorização de escórias - 2,8 ha; Terreno total - 42 ha
Origem das Cinzas inertizadas e das escórias: Central de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos
Resíduos aceites/tratados: Todos os resíduos provenientes da recolha indiferenciada.
Processo de tratamento: Deposição controlada de Resíduos.
Capacidade máxima de processamento: Células 1 e 2 de RU da Valorsul: capacidade - 3.213.000 m3; Futura Célula 3 de RU Valorsul: capacidade - 249.300 m3
Data de entrada em funcionamento: Julho de 1998
Aterro Sanitário do Oeste

Localização: Outeiro da Cabeça / Vilar Cadaval

Área ocupada: 14 hectares de área de deposição.

Resíduos aceites/tratados: Todos os resíduos provenientes da recolha indiferenciada.
Processo de tratamento: Deposição controlada de Resíduos.
Origem dos RU: Recolha indiferenciada

Capacidade máxima de processamento: 3.183.000 m3 encaixe total

Data de entrada em funcionamento: Janeiro de 2002

Aterro Sanitário do Sotavento

Localização: Chão Frio - Porto de Lagos, 8500-800 Portimão

Área ocupada: 54 Ha

Resíduos aceites/tratados: Todos os resíduos urbanos provenientes da recolha indiferenciada.

Processo de tratamento: Confinamento técnico e valorização energética de biogás.

Origem dos RU: Recolha Municipal

Capacidade máxima de processamento: (3 569 500 ton – projeto)

Data de entrada em funcionamento: Fevereiro 1998

Aterro Sanitário do Barlavento

Localização: Vale Maria Dias - Cortelha Salir, 8100-170 Loulé

Área ocupada: (59 ha)

Resíduos aceites/tratados: Todos os resíduos urbanos provenientes da recolha indiferenciada.

Processo de tratamento: (Confinamento técnico  e valorização energética de biogás)

Origem dos RU: Recolha Municipal

Capacidade máxima de processamento: (3 721 870 ton – projeto)

Data de entrada em funcionamento: Junho 2000

Aterro Sanitário de Palmela
Localização: Palmela
Resíduos aceites/tratados: Todos os resíduos provenientes da recolha indiferenciada.
Capacidade máxima de processamento: 450.000 toneladas/ano
Aterro Sanitário do Seixal
Localização:Seixal
Resíduos aceites/tratados: Todos os resíduos provenientes da recolha indiferenciada.
Capacidade máxima de processamento: 450.000 toneladas/ano
Aterro Sanitário de Apoio de Coimbra

Localização: Vil de Matos, 3025-607 Coimbra
Área ocupada: 16 ha
Resíduos aceites/tratados: Todos os resíduos provenientes da recolha indiferenciada.
Processo de tratamento: Deposição controlada de Resíduos.
Origem dos RU: Limpeza Urbana, Monstros , Refugos provenientes do TMB e da Estação de Triagem Seletiva
Capacidade máxima de processamento: 1.524.246 m3
Data de entrada em funcionamento: Outubro de 2012

Aterro Sanitário de Apoio de Aveiro

Localização: Eirol, 3800-703 Aveiro
Área ocupada: 17 ha
Resíduos aceites/tratados: Todos os resíduos provenientes da recolha indiferenciada.
Processo de tratamento: Deposição controlada de Resíduos.
Origem dos RU: Limpeza Urbana, Monstros , Refugos provenientes do TMB e da Estação de Triagem Seletiva
Capacidade máxima de processamento: 2.543.720 m3
Data de entrada em funcionamento: Outubro de 2012

Aterro Sanitário do Fundão

Localização: Centro de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos - Estrada de Peroviseu - Quinta das Areias – 6230 Fundão
Origem dos RSU: recolha seletiva Municipal na área de influencia do SMM – Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Meda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso
Processo de tratamento: Triagem manual e enfardamento de resíduos recicláveis
Capacidade máxima de processamento: 350 kg/hora
Data de entrada em funcionamento: 2008
Resíduos aceites/tratados: resíduos de embalagem plástico/metal e papel/cartão

Aterro Sanitário de Santo Tirso

Localização: Santo Tirso

Aterro Sanitário de Boticas

Localização: Boticas

Aterro Sanitário de Vila Real

Localização: Vila Real

Aterro Sanitário de Celorico de Basto

Localização: Celorico de Basto

Aterro Sanitário de Lamego

Localização: Lamego

Atero Sanitário de Vila Fria
Localização: Vila Fria, Viana do Castelo
Área ocupada: 10 hectares
Resíduos aceites/tratados: resíduos urbanos
Processo de tratamento: deposição de resíduos em aterro
Origem dos RU: resíduos municipais
Capacidade máxima de processamento: 2.030.000 m3 (capacidade licenciada na LA) 
Data de entrada em funcionamento: 18/12/1998
Aterro Sanitário de Sermonde

Localização: Sermonde, Vila Nova de Gaia

Aterro Sanitário de Santa Maria da Feira

Localização: Santa Maria da Feira

Aterro Sanitário de Avis

Localização: Polo de Avis - Herdade das Marrãs - 7480-352 Figueira e Barros - AVIS
Origem dos RSU: recolha seletiva Municipal na área de influencia do SMM (Abrantes, Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo Branco, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Idanha-a-Nova, Mação, Marvão, Monforte, Nisa, Oleiros, Ponte de Sôr, Portalegre, Proença-a-Nova, Sardoal, Sertã, Sousel, Vila de Rei e Vila Velha de Rodão.)
Processo de tratamento: Triagem automática e enfardamento de resíduos recicláveis
Capacidade máxima de processamento: 2.5 toneladas
Data de entrada em funcionamento: 2007
Resíduos aceites/tratados: resíduos de embalagem plástico/metal e papel/cartão

Aterro Sanitário de Castelo Branco

Localização: Polo de Castelo Branco
Origem dos RSU: recolha seletiva Municipal na área de influencia do SMM (Abrantes, Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo Branco, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Idanha-a-Nova, Mação, Marvão, Monforte, Nisa, Oleiros, Ponte de Sôr, Portalegre, Proença-a-Nova, Sardoal, Sertã, Sousel, Vila de Rei e Vila Velha de Rodão.)
Processo de tratamento: Triagem manual e enfardamento de resíduos recicláveis
Capacidade máxima de processamento: 350 kg/hora
Data de entrada em funcionamento: 2011
Resíduos aceites/tratados: resíduos de embalagem plástico/metal e papel/cartão

Aterro Sanitário de Leiria

Localização: Quinta do Banco, Parceiros

Aterro Sanitário de Valença

Localização: Lugar de Arraial, Valença