VALORSUL lança novo agregado 22 JUNHO 2017

A Valorsul, Concessionária da EGF para a região de Lisboa (Norte) e Oeste, está a promover a utilização de agregado para a construção rodoviária, e, na sua campanha de lançamento, cede gratuitamente uma carga de 20 toneladas, com transporte incluído, às primeiras 20 encomendas.

 

As quantidades adicionais só pagam o transporte. A oferta é limitada a um raio de 60 km das instalações em Vila Franca de Xira.

 

 

 

 

PRODUTO COM MARCAÇÃO CE

O agregado da Valorsul é um produto com marcação CE, conforme com a legislação europeia e com as normas europeias harmonizadas. O material foi estudado, com excelentes resultados, e aprovado pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil. Este material é inovador em Portugal, mas é habitualmente utilizado noutros países do Norte da Europa, como Reino Unido, Noruega e Alemanha.

 

No domínio da pavimentação rodoviária, este agregado artificial - próprio para camadas não ligadas de base e sub-base – constitui uma solução muito bem adaptada à construção rodoviária dado que possui características idênticas às dos agregados naturais, sendo uma alternativa de confiança, que associa um comportamento não plástico, elevados valores de resistência ao corte a uma boa capacidade resistente. De granulometria extensa, foi já utilizado na sub-base de estradas onde circulam habitualmente viaturas pesadas e também em arranjos paisagísticos em diversas obras municipais. A sua produção está em conformidade com as especificações da NP EN 13242:2002 + A1:2010.

 

VANTAGENS AMBIENTAIS

O agregado artificial da Valorsul, provém da valorização de resíduos, pelo que se enquadra nos 5% de materiais reciclados que obrigatoriamente todas as obras públicas devem incorporar. Além disso, é um exemplo perfeito de economia circular, poupando o recurso aos agregados naturais, tantas vezes extraídos de pedreiras e rios.

 

Para quem está a construír estradas ou caminhos e precisa de adquirir brita ou tout venant (e vai arcar com avultados custos de transporte), esta é uma oportunidade de poupar na conta da sua obra e nos recursos do seu planeta.

 

VALORSUL lança novo agregado 22 JUNHO 2017

A Valorsul, Concessionária da EGF para a região de Lisboa (Norte) e Oeste, está a promover a utilização de agregado para a construção rodoviária, e, na sua campanha de lançamento, cede gratuitamente uma carga de 20 toneladas, com transporte incluído, às primeiras 20 encomendas.

 

As quantidades adicionais só pagam o transporte. A oferta é limitada a um raio de 60 km das instalações em Vila Franca de Xira.

 

 

 

 

PRODUTO COM MARCAÇÃO CE

O agregado da Valorsul é um produto com marcação CE, conforme com a legislação europeia e com as normas europeias harmonizadas. O material foi estudado, com excelentes resultados, e aprovado pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil. Este material é inovador em Portugal, mas é habitualmente utilizado noutros países do Norte da Europa, como Reino Unido, Noruega e Alemanha.

 

No domínio da pavimentação rodoviária, este agregado artificial - próprio para camadas não ligadas de base e sub-base – constitui uma solução muito bem adaptada à construção rodoviária dado que possui características idênticas às dos agregados naturais, sendo uma alternativa de confiança, que associa um comportamento não plástico, elevados valores de resistência ao corte a uma boa capacidade resistente. De granulometria extensa, foi já utilizado na sub-base de estradas onde circulam habitualmente viaturas pesadas e também em arranjos paisagísticos em diversas obras municipais. A sua produção está em conformidade com as especificações da NP EN 13242:2002 + A1:2010.

 

VANTAGENS AMBIENTAIS

O agregado artificial da Valorsul, provém da valorização de resíduos, pelo que se enquadra nos 5% de materiais reciclados que obrigatoriamente todas as obras públicas devem incorporar. Além disso, é um exemplo perfeito de economia circular, poupando o recurso aos agregados naturais, tantas vezes extraídos de pedreiras e rios.

 

Para quem está a construír estradas ou caminhos e precisa de adquirir brita ou tout venant (e vai arcar com avultados custos de transporte), esta é uma oportunidade de poupar na conta da sua obra e nos recursos do seu planeta.

 

ALGAR premeia escola de Faro 19 JUNHO 2017

A 5ª Edição do concurso escolar Vamos dar Vida aos Resíduos, do ano letivo de 2016/2017, promovido pela Algar, Concessionária da EGF para a região do algarve, chegou ao fim e já tem vencedor - a Escola Básica 2,3 do Montenegro (Faro).

 

O concurso contou com a adesão de 48 escolas abrangendo uma população de 23.000 alunos que durante 5 meses participaram em ações de sensibilização, fiscalizaram os resíduos produzidos na escola e elaboraram planos para garantir a sua correta gestão. Brigadas da Reciclagem verificaram se os resíduos desde a sua produção até ao destino final recebiam o tratamento adequado tendo em conta as suas diferentes características.

 

Com estas iniciativas melhoraram-se processos de contentorização e sinalização existentes no espaço escolar permitindo uma separação/deposição seletiva mais eficaz. O resultado do trabalho final foi fantástico, contabilizaram-se 128.717 kg de resíduos recicláveis corretamente encaminhados para valorização.

Também as áreas residenciais circundantes às escolas foram envolvidas neste processo, aderindo às campanhas de sensibilização promovidas pelos alunos com a colaboração da Algar para a recolha dos resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (REEE).

 

Quantidade de Resíduos Recicláveis Recolhidos nas 48 Escolas (kg)
(ano letivo 2016/2017)

Vidro

Papel/ Cartão

Plástico/ Metal

Pilhas

REEE

Total (kg)

35 508

49 588

32 860

70

10 690

128 717

 

Para incentivo à execução dos Planos de Gestão dos Resíduos que as escolas implementaram a Algar disponibilizou cerca de 650 equipamentos, nomeadamente: Ecobags, para as embalagens de papel/cartão, vidro e plástico/metal; contentores para os REEE e Pilhões para a deposição de pilhas e acumuladores.

 

A Escola Básica 2,3 do Montenegro (Faro) que já tinha sido vencedora em 2014 deste concurso, apresentou nesta 5ª edição o melhor resultado no “Ranking de Resíduos Recicláveis Recolhidos” com um total de 10.850 kg de resíduos, tendo recebido um computador de última geração como reconhecimento pelo mérito alcançado.

 

Quantidade de Resíduos Recicláveis Recolhidos (kg)

E.B. 2,3 do Montenegro (ano letivo 2016/2017)

Vidro

Papel/ Cartão

Plástico/ Metal

REEE

 

Total (kg)

1190

3865

1995

3800

10 850

 

A Algar sorteou ainda um Tablet entre os alunos que fizeram parte da equipa “Brigada da Reciclagem”, mentores de várias campanhas de sensibilização realizadas dentro e fora da escola. Todos os participantes receberam Ecobags, para que nas suas casas possam prossiguir o bom desempenho da separação das embalagens recicláveis realizado ao longo do ano letivo na escola.

 

O professor Rui Moreira que acompanhou a implementação dos projetos na EB 2,3 do Montenegro, considera que «O concurso “Vamos dar Vida aos Resíduos” tem contribuído para que a escola, cada vez mais, se empenhe em melhorar o seu desempenho ambiental, assim como sensibilizar e mobilizar toda a comunidade para atingir os objetivos deste projeto que é de todos, como se pode ver nos resultados obtidos ao longo dos últimos anos!».

 

A Algar pretende continuar a promover este género de iniciativas, pelo que se prevê que exista uma 6ª Edição do concurso no ano letivo 2017/2018, certamente com mais novidades.

 

O objetivo será continuar a passar a mensagem de que as boas práticas ambientais desenvolvidas poderão trazer inúmeros benefícios no que respeita à qualidade de vida, não só do espaço escolar mas também de toda a comunidade e contribuir para a formação pessoal destes futuros cidadãos - diz Miguel Ferreira, Diretor Geral da ALGAR.

ERSUC - Campanha Vidro Solidário 14 JUNHO 2017

A ERSUC, Concessionária da EGF para o Litoral Centro, iniciou uma campanha dedicada à recolha de vidro, que para além de contribuir para a reciclagem deste material, permite apoiar corporações de bombeiros da região.

A campanha chama-se VIDRO SOLIDÁRIO, e o objetivo é incentivar a população para a valorização do vidro e a sua deposição nos ecopontos verdes, mas também ajudar as corporações de bombeiros voluntários do Litoral Centro, consciencializando a população para a necessidade de promover e participar num desenvolvimento sustentado, mas também apoiar as instituições que com escassos recursos ajudam quem mais necessita.

 

Por cada tonelada de vidro a mais (tendo como referência a quantidade de vidro recolhida em períodos homólogos) depositada nos ecopontos verdes instalados na área de ação da ERSUC, serão doados 5 euros aos Bombeiros Voluntários do Sistema Multimunicipal do Litoral Centro, de acordo com a contribuição de cada município.

 

A quantidade de vidro recolhido nos ecopontos de cada Município nos 12 meses de 2016 (14 303 toneladas) será a nossa referência para fazer a atribuição dos donativos.

 

O registo mensal das quantidades de vidro recolhidas em 2017 e no respetivo período homólogo, será publicado no site da ERSUC e a atribuição dos donativos será feita no fim dos 12 meses de vigência da campanha.  

 

Para mais informações: www.ersuc.pt

 

Dia do Ambiente de Norte a Sul 05 JUNHO 2017

A EGF e as Concessionárias comemoram o Dia Mundial do Ambiente de Norte a Sul do país, com iniciativas variadas dirigidas às escolas, às empresas e ao comércio e serviços.

Consulte a nossa agenda de atividades.

 

AGENDA

 

ALGAR

5 JUNHO - ENTREGA DE PRÉMIOS

A Algar realiza a entrega do prémio à escola vencedora do concurso “Vamos dar vida aos Resíduos”.

 

6/7 de JUNHO

Presença do VEA (veículo de educação ambiental) em São Brás de Alportel, no Parque Roberto Nobre. As ações são direcionado às escolas e decorrem mediante agendamento prévio com o Município. Realizam-se entre as 10h e as 17 horas.

Sobre as ações no VEA:

O VEA está equipado com painéis expositivos, interativos e vários jogos multimédia de cariz ambiental, que entre outras temáticas aborda a importância dos “3 R’s: Reduzir, Reutilizar e Reciclar os resíduos”. A visita oferece a experiência de um filme 3D, composto por uma animação protagonizada pela mascote da Algar o “Cool”.

  

AMARSUL

5 JUNHO - AÇÃO DE PROTEÇÃO DO AMBIENTE

Tema: Protecção do ambiente e desenvolvimento sustentável

Local: Mata dos Medos, Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica

Ponto de Encontro: Centro de Interpretação da Mata dos Medos

Horário: 09H00 às 12H30

Organização: Destacamento Territorial da GNR de Almada/SEPNA

Parceiros: Câmara Municipal de Almada, Instituto de Conservação da Natureza e Florestas/Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica.

 

6 JUNHO - CONCERTO ECOSOUND

Local: Escola Daniel Sampaio (Almada)

Horário: 19H00 às 20H00

 

ERSUC

5/9 de JUNHO - CASA DO AMBIENTE

Entre 5 a 9 de Junho, a exposição itinerante Casa do Ambiente irá marcar presença no Município da Pampilhosa da Serra. Esta exposição tem como principal objetivo sensibilizar os seus visitantes para a importância da separação doméstica dos resíduos. Para além da oportunidade de visionar  o filme institucional da ERSUC, quem nos visita poderá, através de um jogo de playstation, aprender as regras da separação dos resíduos e descobrir qual a forma mais correta de utilizar os ecopontos.

Esta parceria realizada  entre a Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra e a ERSUC, vai permitir que centenas de crianças do Município possam aprender sobre a forma como os seus resíduos são tratados.

 

RESIESTRELA

5 JUNHO - CERIMÓNIA PARTILHADA COM A REFOOD

A RESIESTRELA e o movimento REFOOD associam-se e comemoram o Dia Mundial do Ambiente com a entrega de embalagens plásticas para o acondicionamento de alimentos aos núcleos da Covilhã e Guarda da REFOOD, no âmbito da atividade de recolha de excedentes de alimentos realizada por esta IPSS.

A cerimónia simbólica, que se insere ainda no âmbito da política de responsabilidade social e de promoção dos valores ambientais da RESIESTRELA, realiza-se dia 5, às 16 horas, nas instalações da empresa, sitas na Quinta das Areias – Estrada de Peroviseu - Fundão.

 

5 JUNHO - AÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO (CELORICO DA BEIRA)

A Resiestrela organiza em Celorico da Beira ações de sensibilização e visitas às instalações com escolas do 1º ciclo do Município de Celorico da Beira, num total de 215 alunos.

 

VALNOR

10 JUNHO - CAMINHADA AMBIENTAL

A VALNOR e o Município da Sertã promovem, no próximo dia 10 de Junho, a V Caminhada Ambiental

O trajeto será de 8Kms e, durante o mesmo, os participantes munidos de sacos de plástico procederão à recolha dos resíduos encontrados no caminho, para posterior valorização.

A inscrição é solidária e feita em géneros alimentares que serão, posteriormente, encaminhados para famílias carenciadas do concelho, através do Gabinete Social do respetivo Município. 

Esta iniciativa conta com o apoio do Agrupamento 170 da Sertã do Corpo Nacional de Escutas e da Associação de Pais e Amigos dos Escuteiros da Sertã.

 

11 JUNHO - FEIRA DE OBJETOS USADOS E VELHARIAS

No dia 11 de Junho, na Alameda da Carvalha, Sertã, terá lugar mais uma edição da Feira de Objetos Usados e Velharias. Este evento é organizado pela VALNOR e pelo Município da Sertã e, à semelhança das edições anteriores, pretende promover a venda de diversos tipos de objetos e utensílios em segunda mão. Esta feira tem como principal objetivo alertar a população para a grande quantidade de resíduos produzidos, promovendo-se a redução e prevenção de resíduos, bem como fomentar nas pessoas hábitos de reciclagem.

 

VALORLIS

5 JUNHO - A BRINCAR APRENDEMOS A SEPARAR

Local: Leiria; Jardim Escola João de Deus

Horário:  9h30 às 11h30

Número de Participantes: 60

Atividade:

  • Sensibilização sobre Reciclagem e Tratamento de Resíduos
  • Jogos de separação de resíduos

 

5 JUNHO - FESTA DO AMBIENTE

Local: Praia do Pedrogão, Leiria

Nome Ação: Festa do Ambiente

Horário:  13h30 às 15h30

Número de Participantes: 300

Atividade: Jogos de Areal

 

5 DE JUNHO - JUNTOS FAZEMOS MELHOR AÇÃO COM REFOOD LEIRIA

Local: Leiria

Horário: 19h às 20h30

Número de Participantes: 100 famílias

Atividade:

  • Entrega de sacos de pano reutilizáveis para as famílias receberem alimentos (evitar produção de resíduos: sacos de plástico)
  • Distribuição de Ecobags às famílias e sensibilização para a separação de resíduos.

6/8 de JUNHO - SEMANA DA EDUCAÇÃO 2017

Local: Porto de Mós  

Horário:  09h00 às 16h00

Número de Participantes: 300

Atividade: Ateliê de Reutilização: marcador de livros: tema Pinóquio

 

VALORMINHO

5/9 JUNHO

Receção de 300 alunos do centro Ecolar de Valença para visitas guiadas às instalações.

As crianças são recebidas nas instalações, onde é realizada a visita e no jardim é realizado um jogo, alusivo à separação multimaterial, onde as crianças tem oportunidade de colocar os conhecimentos em prática.

 

VALORSUL

2/5 JUNHO - LOURES InSS II

Inserido na iniciatiba Loures InSS que organiza várias atividades desde o dia 2 de junho, a Valorsul marca presenla no dia Mundial do Ambiente, que apresenta várias atividades:

  • Mostra de Projetos do  “O Círculo Mágico”, no âmbito do programa do município de educação e sensibilização ambiental realizado nas escolas durante o presente ano letivo,
  • Mostra dos projetos do Instituto Superior Técnico;
  •  Realização de Seminário – Sustentabilidade, Inovação e Sociedade
  • Encerramento das comemorações

 

5 JUNHO - SEMINÁRIO LOURES InSS II 

 

PROGRAMA

5 de Junho das 14:00 às 18:00 – Palácio Marqueses da Praia - Loures

Mobilidade Elétrica – O futuro hoje!

MOBI-E

 

Sustentabilidade é possível: Cumprimento da Missão vs Desempenho ambiental da Base Aérea nº 5 de Monte Real

Força Aérea Portuguesa – Base Aérea nº5 – 1ª Unidade de Defesa da União Europeia e do Espaço Económico Europeu a obter a certificação EMAS

 

Estratégia Nacional de Educação Ambiental – Visão Global

Agência Portuguesa de Ambiente

 

Sociedade e Inovação. Uma participação ativa da comunidade local em matéria de ambiente

ADAL, Perspetiva de uma ONG Local

 

Gestão de Resíduos, analisar o passado para perspetivar novo rumo.

Valorsul

 

Eficiência Energética – Observatório de Sustentabilidade do Município de Loures

Agência Municipal de Ambiente e Energia de Loures e Unidade de Serviços Públicos Ambientais

 

5 JUNHO – COMEMORAÇÕES DIA MUNDIAL DO AMBIENTE (ODIVELAS) 

A Valorsul participa com stand e atividades para os alunos das escolas de Odivelas.

 

5 JUNHO – ENTREGA DE PRÉMIOS ECOVALOR (LOURINHÃ)

16h00 - A Valorsul e o Município da Lourinhã entregam neste dia os prémios às escolas qie participaram no Programa Ecovalor. O evento está agendado para as 16h00 no salão nobre da Câmara Municipal da Lourinhã.

 

9 JUNHO - RESULTADOS CONCURSO ECOVALOR (ODIVELAS)

Neste dia, a Valorsul e a Câmara Municipal de Odivelas apresentam os resultados do Concurso Separa e Ganha, pelas 15h30, no Auditório dos Paços do Concelho deste Município.

 

12 JUNHO - ENTREGA DE PRÉMIOS ECOVALOR (VILA FRANCA XIRA)

A Valorsul e a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira entregam os Prémios Ecovalor, pelas 10h30.

RESIESTRELA no Enertech 2017 01 JUNHO 2017

A Resiestrela, Concessionária da EGF para a região da Cova da beira, em parceria com o Município do Sabugal, participou na 2ª edição da Enertech 2017, realizado no final de maio, colaborando para que este EcoEvento garantisse a gestão adequada dos resíduos produzidos, contabilizando as quantidades produzidas de papel/cartão, plástico/metal e vidro, durante os dias em que decorreu.

 

Sob o lema “SABUGAL, FONTE DE ENERGIA NATURAL”, o concelho do Sabugal quer assumir-se como território central no uso controlado dos recursos e da procura de novas soluções amigas do ambiente e promotoras do conforto humano, em especial pelo potencial latente e inexplorado dos seus territórios destacando a inovação e a sustentabilidade ambiental, pretendendo-se que este seja um espaço de encontro de promoção, divulgação e demonstração do que acontece no setor das energias naturais.

 

Para mais informações: www.resiestrela.pt

VALORSUL - Empresa Solidária 30 MAIO 2017

A Valorsul foi uma das 3 vencedoras do Prémio Empresa Solidária, distinção atribuída pela Câmara Municipal da Amadora às empresas que mais se destacaram durante o ano 2016, em matéria de Responsabilidade Social.

 

Nesta edição, concorreram à distinção 13 empresas. O objetivo foi homenagear organizações que contribuem, de forma positiva, para a sociedade, gerindo também os seus impactes ambientais.

 

A Valorsul concorreu com o seu Programa Ecovalor que em 2016 proporcionou aos estudantes do município 36 visitas às suas instalações, para 800 participantes e 21 ações de sensibilização na sala de aula, abrangendo 450 participantes. O maior sucesso do Ecovalor são os concursos de separação de recicláveis nas escolas, em que os estabelecimentos de ensino recebem prémios monetários de acordo com as quantidades de materiais que enviam para reciclar. Em 2016 , as escolas da Amadora receberam prémios no valor de quase € 2.000,00  e foi possível recolher 10 toneladas de plástico e metal e 14 toneladas de papel e cartão. O papel e cartão separados pouparam o abate de 300 árvores.

 

O júri incluiu representantes do município, das associações relacionadas com a responsabilidade social e do mundo empresarial.

Colóquio Ambiental em Alenquer 26 MAIO 2017

Ismael Gaspar, Presidente do Conselho de Administração da EGF, participou no 1.º Colóquio Ambiental da Região Oeste, que se realizou a 26 de maio em Alenquer.

 

Este encontro contou com a presença do Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, e representantes da Agência Portuguesa do Ambiente, da ERSAR, da Associação Zero, da Oeste CIM e vários Presidentes de Câmara, onde debateram o plano nacional de gestão de resíduos, a estratégia 2020 para a zona Oeste de Portugal e estratégias municipais para os vários desafios ambientais da região.

 

Neste encontro foram anunciados novos avisos POSEUR que estarão disponíveis para candidaturas já em junho e foram abordadas novas estratégias e modelos inovadores que possam premiar os cidadãos pelo seu bom comportamento ambiental.

 

 

Jornadas RESINORTE em Amarante 25 MAIO 2017

A Resinorte, Concessionária da EGF para a região do Norte Central, promoveu uma vez mais as Jornadas Técnicas Ambientais, que se realizaram no dia 25 de maio em Amarante, e nas quais participaram representantes dos 35 Municípios que fazem parte da sua área de Concessão.

 

Estas jornadas foram dedicadas à Economia Circula e à sua aplicação prática, com exemplos concretos de aplicação. As apresentações foram asseguradas por um painel de oradores diversificado, que abordou temas como os desafios para superar estas metas ao nível nacional e local, a inovação, a produção de corretivos orgânicos, a valorização energética, a gestão de fluxos específicos e a importância da comunicação e educação ambiental.

 

Para mais informações: www.resinorte.pt

 

AMARSUL organiza ECOFASHION'17 16 MAIO 2017

Será no Barreiro, nas oficinas da EMEF, que a AMARSUL, Concessionária da EGF na Península de Setúbal, organiza mais uma edição do ECOFASHION 2017, no dia 27 de maio, pelas 21h00.

 

Este evento, que alia a moda à reciclagem, foi criado pela Amarsul em 2010, e consiste num desfile de moda cujas peças de vestuário são elaboradas por designers consagrados, feitas a partir de materiais recicláveis e exclusivas para a iniciativa. O objetivo é dar a conhecer o potencial de valorização dos resíduos por via da sua reutilização e reciclagem.

 

A este evento associam-se várias figuras públicas, das quais se destacam Olivia Ortiz, Iva Lamarão, Vanessa Martins, Lenka e Helena Coelho. O evento será apresentado por Diana Taveira e a DJ de serviço será a DJ Rita Mendes. Para mais informação: https://www.amarsul.pt/wp-contentuplo/

 

VALORSUL - Limpar a Europa 09 MAIO 2017

A Valorsul, concessionária da EGF para a região de Lisboa (Norte) e Oeste, convida os cidadãos a participar na iniciativa Vamos Limpar a Europa. Os dias de maior atividade são os dias 12, 13 e 14 de maio.

 

A Valorsul é um dos organizadores regionais desta iniciativa que conta com o apoio da Comissão Europeia e que promove a limpeza de praias, matas, florestas e outros locais, tentando sensibilizar para o problema da crescente produção de resíduos.

 

Em 2016, foram registadas 5.800 iniciativas em toda a Europa que congregaram cerca de 500 mil participantes. Para se juntar a este movimento só é necessário organizar uma ação ou aparecer num dos locais de limpeza, que pode consultar em www.valorsul.pt. Aqui está disponível toda a informação sobre as etapas a seguir para que as iniciativas de limpeza sejam um sucesso!

VALNOR com ação em Campo Maior 05 MAIO 2017

O Município de Campo Maior e a VALNOR, Concessionária da EGF para a região do Alto Alentejo, com o objetivo de aumentar os níveis de recolha seletiva, iniciaram a 4 de maio um reforço ao serviço de recolha de embalagens porta-a-porta junto dos estabelecimentos comerciais.


Para além de aumentar o número de estabelecimentos aderentes e a tipologia de resíduos recolhidos gratuitamente (desde que devidamente separados), é oferecida uma solução mais adaptada à realidade de Campo Maior que permitirá melhorar o desempenho ambiental da região, garantndo uma maior acessiobilidade na zona histórica do município.

 

 

Para mais informações: http://www.cm-campo-maior.pt/pt/noticias/noticias-projetos/2145-municipio-continua-a-sensibilizar-para-a-importancia-de-reciclar

 

A reportagem realizada sobre esta ação pode ser vista aqui: https://vimeo.com/220317123

 

 

 

 

ALGAR - Limpeza da Ria Formosa 2 MAIO 2017

A Câmara Municipal de Faro organizou, entre 20 e 28 de abril, a décima segunda edição da ação ecológica Limpar a Ria Formosa. Esta iniciativa enquadra-se nas atividades de educação ambiental do Programa Bandeira Azul do concelho e pretende concretizar uma ação de limpeza no areal, sapal e ilhotes.

 

Esta ação conta já com a sinergia desenvolvida entre diversas entidades e com um leque de voluntários que procurarão transmitir uma mensagem de sensibilização para a preservação dos recursos naturais existentes na Ria Formosa.

 

A Algar, Concessionária da EGF para a região do Algarve, participou nesta iniciativa através da cedência de sacos coloridos para a deposição dos resíduos recicláveis, e disponibilizou os seus serviços para fazer a receção dos resíduos que serão recolhidos durante a limpeza, passiveis de admissão nas suas instalações. Mais informações em www.algar.com.pt

 

VALORSUL supera metas 2016 28 ABRIL 2017

Em média, cada habitante da área dos 19 municípios da Valorsul, Concessionária da EGF para as regiões de Lisboa (Norte) e Oeste, produziu 459kg de lixo em 2016 - cerca de 1,3 kg por dia.

 

Desta quantidade, a Valorsul entregou para retoma e reciclagem 42 kg de materiais (papel & cartão; plástico & metal; vidro) por habitante. Esta foi uma meta superada, uma vez que estava definida em 40 kg/hab.ano. A meta final, em 2020, é de 49 kg/hab.ano e a Valorsul continua a trabalhar em estreita parceria com os seus municípios para cumprir este e outros exigentes objetivos estabelecidos no PERSU 2020. Para mais informações: www.valorsul.pt

 

EGF adere à ESGRA 26 ABRIL 2017

A EGF aderiu como associada à ESGRA - Associação para a Gestão de Resíduos, com efeitos a partir de 11 de abril.

 

Esta Associação, fundada em 2009, tem como missão a promoção dos interesses dos seus associados no âmbito da gestão e exploração de sistemas de tratamento de resíduos, bem como o seu desenvolvimento estratégico e no domínio da investigação de recursos que preservem e potenciem o país como território de desenvolvimento económico e cultural.

 

A EGF acredita que a partilha sinérgica de recursos e propósitos será uma mais valia para as duas entidades e para o setor dos resíduos em Portugal. Mais informações sobre em ESGRA em www.esgra.pt

EGF no Fórum Nacional de Resíduos 21 ABRIL 2017

O 11º Fórum Nacional de Resíduos decorreu em Lisboa, organizado pelo jornal Água&Ambiente, e contou com o apoio da EGF. A abertura do evento esteve a cargo do Secretário de Estado do Ambiente e do Secretário de Estado Adjunto e do Comércio, e a EGF marcou presença com quatro presenças nos painéis de oradores, que tiveram oportunidade de debater as novas ameaças, desafios e oportunidades para a próxima década no setor. Este ano, o Fórum Nacional de Resíduos privilegiou o debate em torno da valorização energética, regulamentação tarifária e gestão dos fluxos de resíduos específicos.

 

Na sua intervenção, o Presidente do Conselho de Administração da EGF, Ismael Gaspar, defendeu no painel dedicado à energia, que “a valorização energética é um cenário a considerar em complemento às metas de reciclagem de materiais, e como tal é nessa linha que a EGF está a apostar e a interpretar as diretivas sobre resíduos que serão adotadas e transferidas para todo o território da União Europeia.”

 

Também Miguel Lisboa, Administrador da Produção da EGF, esteve presente no Encontro e defendeu que “as Unidades de Tratamento Mecânico e Biológico (TMB), recebendo resíduos indiferenciados, contribuem de forma decisiva para o cumprimento da meta de desvio da matéria orgânica de aterro e da meta de preparação para reutilização e reciclagem. Como tal, o futuro modelo de gestão de resíduos, assente nas orientações comunitárias e na hierarquia de resíduos estabelecida, deve resultar de uma adaptação progressiva do modelo atual, garantindo que os investimentos realizados continuem a acrescentar valor.”

 

A Diretora do Departamento da Engenharia da EGF, Marta Guerreiro, e a Diretora do Gabinete Jurídico e de Regulação da EGF, Marta Neves, também estiverem presentes para debater o novo SIGRE (Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens) e a sua operacionalização com a dinâmica das novas licenças (que permitiu a entrada de uma segunda entidade gestora no início deste ano). Estas alterações ao sistema levantam também diversas implicações legais e técnicas pela liberalização da recolha e tratamento de resíduos de embalagens abaixo dos 1.100 litros, cujo atual modelo atribui aos municípios a reserva dessa atividade.

 

Recorde-se que, para o ano 2020, as metas da Comissão Europeia para o setor dos resíduos assentam nos princípios da Economia Circular e incluem a ambiciosa meta de limitação de 10% dos resíduos para deposição em aterro.

EGF no Fórum Nacional de Resíduos 18 ABRIL 2017

A EGF participa nos dias 19 e 20 de abril no Fórum Nacional de Resíduos, um evento nacional organizado pelo Jornal Água e Ambiente em Lisboa, no SANA Malhoa Hotel. Este evento de referência anual conta com o patrocínio da EGF e com a participação de 4 oradores que vão representar a EGF nos painéis de discussão dedicados ao PERSU 2020; ao desvio de resíduos de aterro e valorização energética; ao novo SIGRE; e aos méritos e deméritos da delimitação de setores.

 

AGENDA EGF NO FÓRUM NACIONAL DE RESÍDUOS

 

19 ABRIL - 14h30 - PERSU 2020

 

Moderador: Rui Berkemeier, Especialista da ZERO

Abílio Almeida, Chefe de Divisão de Operações da LIPOR

Ana Silveira, Professora da FCT-UNL

João Dias Coelho, Presidente do Conselho de Administração da TRATOLIXO

Miguel Lisboa, Administrador de Produção da EGF

 

20 ABRIL

 

14h30 - DESVIO DE RESÍDUOS DE ATERRO E VALORIZAÇÃO ENERGÉTICA NO CENÁRIO 2030

 

Moderador: Susete Dias, Professora do IST

Fernando Leite, Administrador-Delegado da LIPOR

Ismael Gaspar, Presidente da EGF

João Dias Coelho, Presidente do Conselho de Administração da TRATOLIXO

Paulo Praça, Diretor-Geral da Resíduos do Nordeste

Rui Berkemeier, Especislista da ZERO

 

14h00 - O NOVO SIGRE E A SUA OPERACIONALIZAÇÃO - A DINÂMICA DAS NOVAS LICENÇAS

 

Moderador: João pedro Rodrigues, Administrador da Gibb Portugal

Luis Veiga Martins, Diretor-Geral da Sociedade Ponto Verde

Marta Guerreiro, Diretora do Departamento de Engenharia da EGF

Pedro Nazareth, Diretor-Geral da AMB3E

Ricardo Neto, Presidente da Novo Verde

 

16h40 - O FUTURO DA GESTÃO DE RESÍDUOS: MÉRITOS E DEMÉRITOS DA DELIMITAÇÃO DE SETORES

 

Moderador: Manuel Cabugueira, Professor da Universidade Lusófona

Carlos Raimundo, Assessor da Direção da AEPSA

José Eduardo Martins, Sócio da Abreu Advogados

Marta Neves, Diretora do Gabinete Jurídico e Regulação da EGF

Paulo Lopes Marcelo, Vogal do Conselho de Administração da ERSAR

Paulo Praça, Presidente da Direção da ESGRA

 

Mais informações sobre o programa em http://www.ambienteonline.pt/11fnr/programafinal

ALGAR entrega bens alimentares 12 ABRIL 2017

A ALGAR, Concessionária da EGF para a região do Algarve, e a ENTRAJUDA (Algarve), angariaram em 2016, no âmbito da campanha Separar para Alimentar um total de 10.735t de embalagens, o que permitiu angariar fundos para a aquisição de alimentos adequados às necessidades nutricionais específicas de crianças dos 12 aos 36 meses, apoiadas pelo Banco Alimentar do Algarve.

 

O objetivo da campanha é angariar embalagens recicláveis de plástico, metal e pacotes de bebida, e com a sua venda adquirir bens alimentares para crianças até aos 3 anos de idade. No âmbito desta ação foram criados Centros de Deposição para a captação do material nas instalações da ALGAR e no Banco Alimentar do Algarve.

 

A iniciativa tem obtido adesão por parte da população e de várias entidades locais, que com o gesto da separação dos resíduos garantem a sua reciclagem e contribuem para a ajuda de quem mais precisa.

 

Todos podem continuar a colaborar - para isso basta entregar as embalagens vazias nas instalações da ALGAR, que se encontram em toda a região algarvia desde Aljezur até Alcoutim, ou nas instalações do Banco Alimentar em Portimão e Faro, informando que o fazem a favor da campanha Separar para Alimentar. Para mais informações: www.algar.com.pt

ALGAR participa em projeto inovador 07 ABRIL 2017

A Algar, Concessionária da EGF para a região do Algarve, é parceira do projeto da ALGAMATER, submetido a candidatura de financiamento europeu, H2020, que entretanto foi aprovado.

 

A parceria é realizada no âmbito da demonstração de uma nova tecnologia de tratamento de águas lixiviantes, que pretende utilizar fotobiorreactores de microalgas para o tratamento de águas residuais industriais (lixiviados). Associada a esta iniciativa está também a Universidade do Algarve, através do Laboratório de Engenharia Sanitária.  O projeto utiliza uma tecnologia inovadora que combina uma etapa de oxidação química a um sistema de tratamento biológico e ainda a uma etapa de afinação do efluente tratado, através de fotobioreatores com microalgas, sendo todo o sistema desenvolvido e patenteado pela Bluemater.

 

Estes fotobioreatores têm a curiosidade de serem “alimentados” com o CO2 produzido através da queima de biogás nos moto-geradores existentes no aterro, contribuindo assim para a mitigação dos Gases de Efeito de Estufa (GEE). Outro aspeto inovador deste sistema é a possibilidade de reutilização das águas lixiviantes e outras águas residuais, o que permite utilizar este sistema em zonas de escassez de água potável e fechar assim o ciclo, em vez de uma rejeição de água no meio recetor.

 

Em 2015 foi realizado um teste piloto no Aterro Sanitário do Sotavento Algarvio, onde se demonstrou o efeito da ETAR ALGAMATER. Concluiu-se que a flotação primária com ozono é muito vantajosa, pois diminui a carga orgânica e melhora drasticamente a descoloração dos lixiviados, melhorando a sua biodegradabilidade. Outros testes foram efectuados ao longo de 10 anos apresentando-se agora a solução madura para ir para o mercado. Tendo em conta o cronograma dos trabalhos do projeto, estima-se que a linha de tratamento vai estar em fase de testes, à escala industrial, no final de 2018. 

 

A aprovação deste financiamento traduz-se na instalação de uma linha de tratamento de águas lixiviantes da tecnologia “ALGAMATER”, com a capacidade de 150 m3/d, no Aterro Sanitário do Sotavento Algarvio (concelho de Loulé), sem custos para a Algar. A Algar assumirá somente os custos energéticos decorrentes da sua operação. O projeto terá a duração de 2 anos e pretende demonstrar a adequabilidade da nova tecnologia de tratamento nas águas lixiviantes, que são os efluentes mais difíceis de tratar, permitindo assim a sua aplicação em todo o tipo de efluentes, quer urbanos, quer industriais, de modo a que esta possa passar à fase de comercialização. Mais informações em www.algar.com.pt

AMARSUL com aplicação inovadora 03 ABRIL 2017

A Amarsul, Concessionária da EGF na margem Sul do Tejo, apresentou uma plataforma inovadora na área da gestão ambiental. A aplicação, denominada de GIASOR, foi exibida no Seminário Waste 2 Business, organizado pela APEMETA (Associação Portuguesa de Tecnologias Ambientais), que se realizou no dia 16 de março, no qual estiveram presentes diversas entidades e personalidades relevantes, ligadas ao setor dos resíduos urbanos.

 

O GIASOR é um projeto pioneiro, produzido em colaboração com o Instituto Politécnico de Setúbal, cujo algoritmo permite a gestão eficiente de circuitos de recolha seletiva, garantindo maior eficiência no processo, bem como disponibiliza a toda a população informação relevante de cada contentor, com atualização bi-diária. Atualmente é possível aceder a toda a informação fornecida pelo GIASOR, através do seu website www.amarsul.pt

 

Com esta plataforma pode ser identificada a localização de cada ecoponto instalado na Península de Setúbal, conhecer o nível de enchimento do contentor aquando da última recolha ou até ficar a par do planeamento de futuras recolhas. É deste modo que a Amarsul se mantém como uma empresa inovadora no setor dos resíduos
urbanos, concretizando a sua missão de promover a sustentabilidade ambiental da Península de Setúbal.

Reuniões internacionais - VALORSUL 31 MARÇO 2017

A VALORSUL, Concessionária da EGF para as regiões de Lisboa (Norte) e Oeste, recebeu entre 27 e 30 de março reuniões técnicas de duas associações internacionais: a CEWEP - Confederation of European Waste to Energy Plants, e a ISWA - International Solid Waste Association.

 

Estas reuniões decorreram em Lisboa, onde foram debatidas questões e soluções para desafios ambientais em temas variados, como a reciclagem, a valorização energética ou a comunicação ambiental. Os técnicos presentes na iniciativa tiveram ainda a oportunidade de visitar as instalações da Valorsul e trocar experiências entre si.

 

 

EGF divulga indicadores de 2016 27 MARÇO 2017

EGF tratou e valorizou 3,2 Milhões de toneladas de resíduos urbanos

 

A EGF, através das suas 11 Concessionárias, recebeu, tratou e valorizou 3,2 Milhões de toneladas de Resíduos urbanos em 2016, provenientes de 174 municípios e produzidos por 6,3 Milhões de habitantes.

 

Os resíduos recebidos representam 64% da produção nacional, e com eles foi possível reciclar materiais, poupar o consumo de matérias-primas, produzir corretivos orgânicos e energia renovável. Em 2016 foram enviados para reciclagem um total de 281.000 toneladas de embalagens, foram produzidas 35.000 toneladas de corretivos orgânicos e produzidos 546 GWh de energia.

 

O envolvimento da população dos 174 municípios das áreas abrangidas pelas empresas participadas da EGF foi essencial para alcançar estes resultados. Cada cidadão, ao separar e colocar as embalagens no ecoponto, contribuiu para que no final de 2016 tenha sido possível enviar para reciclagem materiais que permitem produzir ou poupar recursos muito significativos.

 

A EGF continua empenhada em assegurar que os resíduos produzidos sejam transformados em matérias-primas, contribuindo significativamente para o desenvolvimento de uma Economia Circular e para o cumprimento das metas que Portugal se comprometeu a atingir.

VALORSUL no GreenFest 24 MARÇO 2017

Os 17 O.D.S. - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU para 2030, são o mote para a primeira edição do GreenFest Torres Vedras, que se realizará de 24 a 26 de março, na Expotorres, e no qual a Valorsul, Concessionária da EGF para a região de Lisboa e Oeste, está a participar.

 

A comemorar 10 anos de existência, o GreenFest, maior evento de sustentabilidade realizado em Portugal, tem lugar pela primeira vez fora do município de Cascais. A Câmara Municipal de Torres Vedras tem feito um notável esforço na promoção e desenvolvimento da sustentabilidade nos seus três pilares, social, económico e ambiental, e está empenhada em cumprir as metas das Nações Unidas, daí a aposta em realizar este grande evento de sustentabilidade no concelho.

 

À Câmara Municipal juntam-se no GreenFest Torres Vedras, empresas, outros municípios portugueses e cidades europeias, organizações não-governamentais, escolas e cidadãos, com o objetivo de mostrar o que de melhor se faz na área da sustentabilidade. É ainda objetivo sensibilizar toda a população para questões como a Educação, Cidadania, Energia e Biodiversidade. Conferências, workshops, exposições e uma série de outras atividades marcam os três dias do evento.

 

Há a destacar a conferência inaugural que se realiza no dia 24 de março, das 09h30 as 12h45, bem como para a realização de vários rastreios na área da saúde, tais como a tensão arterial, glicemia, visão, entre outros.

 

O acesso é gratuito e cada visitante pode contribuir com um donativo simbólico, para uma causa social e/ou ambiental apoiada pela organização do evento. Para mais informações: www.valorsul.pt

 

Sensibilização da ALGAR em Tavira 22 MARÇO 2017

Na semana em que se assinala o início da Primavera, entre os dias 20 e 23 de março, a Algar, Concessionária da EGF para a região do Algarve, vai estar com o veículo de sensibilização ambiental em Tavira.

 

A unidade móvel integra uma exposição que proporciona uma viagem ao mundo dos resíduos. Está equipado com painéis expositivos e interativos e ainda vários jogos de cariz ambiental. A viatura alia o ensino ao entretenimento, pois encontra-se equipada com jogos multimédia e ainda oferece a experiência de um filme 3D composto por uma animação sobre os principais aspetos da recolha, triagem e valorização dos resíduos urbanos.

 

O “Cool”, um colhereiro que é a mascote da Algar, é a figura protagonista destas atividades, que os participantes vão ficar a conhecer. As escolas do concelho, terão oportunidade de participar nas ações programadas entre as 10H00 e 17H00.

 

Esta atividade é uma articulação conjunta entre o Município de Tavira, a Algar e a Taviraverde, e tem como objetivo informar e sensibilizar para a problemática dos resíduos. Mais informações em www.algar.com.pt

Alerta do setor dos resíduos 20 MARÇO 2017

Setor dos resíduos alerta para crise eminente na retoma de embalagens

 

Na sequência da recente decisão comunicada pela Sociedade Ponto Verde (SPV) a todo o setor de tratamento e valorização de resíduos para a suspensão das retomas de materiais recicláveis, vem a EGF, a ESGRA e a Tratolixo manifestar a sua preocupação e alertar para as graves consequências desta decisão.

 

O impacto desta decisão provocará o incumprimento das metas nacionais estabelecidas a nível europeu, a incapacidade da gestão dos sistemas de resíduos para encontrar soluções que permitam manter o compromisso de um país mais capacitado para responder aos desafios da sustentabilidade do seu meio ambiente e da qualidade de vida das gerações presentes e futuras.

 

Enquanto entidades responsáveis pelo setor, não podemos deixar de manifestar indignação e elevada preocupação pelas consequências da decisão anunciada, já que sem a retoma das embalagens provenientes da recolha seletiva, as empresas do setor não terão capacidade de armazenagem, pondo em risco a segurança das pessoas e das instalações pela sobrecarga do material armazenado, o qual sem alternativa à reintegração no sistema, terá como destino final o depósito em aterro, contrariando as directrizes europeias a este nível.

 

Se não existirem retomas de embalagens, não é viável manter a recolha seletiva destes materiais que o cidadão separou para reciclagem, quebrando-se o compromisso com a sociedade e os cidadãos que em função de um investimento realizado pelo Estado português em educação e sensibilização, foi permitindo reforçar as quantidades de material reciclado, podendo comprometer um processo de 20 anos junto da população.

 

Na sequência de todas as situações acima identificadas, manifestamos a nossa total e imediata disponibilidade para colaborar na procura de uma solução que a muito curto prazo resolva esta situação que de forma unilateral e surpreendente foi colocada às empresas do setor dos resíduos.

VALORLIS apresenta campanha 15 MARÇO 2017

A Valorlis, Concessionária da EGF para a região de Leiria, desenvolveu para 2017 uma campanha de sensibilização denominada Reciclar é que está a dar, onde é proposto um desafio às escolas e instituições de solidariedade social, para a promoção da recolha de resíduos domésticos recicláveis, nomeadamente embalagens de plástico e metal e/ou papel/cartão.

 

“Esta campanha, que pretende aumentar os hábitos de reciclagem da população, está direcionada para as escolas e instituições de solidariedade social, procurando ser um serviço mais dedicado a estes locais, onde são produzidos muitos recicláveis, mas onde a componente de promoção da sustentabilidade e educação ambiental são essenciais.”, explica Nuno Heitor, diretor geral da Valorlis.

 

Reciclar é que está a dar é uma campanha de sensibilização e educação ambiental, a qual, através da promoção da recolha de resíduos para reciclagem, visa a doação de material de ação pedagógica, bens materiais ou serviços às escolas e instituições de solidariedade social dos municípios da Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Pombal e Porto de Mós.

 

Assim, a todas as entidades que se inscrevam na campanha será disponibilizado o Kit Reciclar Dá Mais contendo os materiais associados à campanha: brochura da campanha com informações, contactos e as regras de separação de resíduos e ainda sacos para acondicionamento dos plásticos e metais. Para além do Kit, estão previstas visitas de sensibilização ambiental a todas as entidades participantes, onde será explicado o modo correto de separação e acondicionamento dos resíduos.

 

A Valorlis assegura o encaminhamento para reciclagem dos materiais recolhidos nesta campanha e o esforço das escolas e instituições será recompensado, em função das quantidades recolhidas, com a aquisição de material de ação pedagógica, bens materiais ou serviços a ser entregue a título de apoio pela Valorlis às entidades aderentes.

 

“Esta campanha tem como objetivo promover o aumento da recolha de materiais recicláveis, enquadrando-se na política da Valorlis iniciada em 2002, com a campanha “Uma Prenda para a Saúde”, de associar a recolha de embalagens a causas sociais. Representa para a Valorlis um esforço acrescido de recolhas nas escolas e instituições, mas acreditamos que desta forma incentivamos o hábito da separação de resíduos domésticos, essencial para alcançar as exigentes metas definidas para a Valorlis, em termos de material enviado para reciclagem”, explica Nuno Heitor.

 

A Valorlis, empresa que gere a recolha seletiva e o tratamento de resíduos urbanos dos municípios de Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Pombal e Porto de Mós, continua a apostar na sensibilização junto da comunidade, de modo a garantir um adequado funcionamento do sistema de gestão de resíduos urbanos da região. Para mais informações: www.valorlis.pt

VALORSUL participa na Lisbon Week 03 MARÇO 2017

Na 4ª edição do Lisbon Week, a VALORSUL, Concessionária da EGF para a região de Lisboa e Oeste, é parceira do projeto educativo dirigido às escolas da freguesia do Lumiar (Lisboa). Com esta parceria, a Valorsul vai abrir as portas do seu Centro de Triagem e Ecocentro a estes alunos, com o objetivo de dar a conhecer a atividade desta instalação e o que fazer com o lixo que produzem. 

 

Localizado no Lumiar e a funcionar desde fevereiro de 2002, o Centro de Triagem e Ecocentro da Valorsul, recebe e trata os materiais recicláveis que os cidadãos separaram nos concelhos de Amadora, Lisboa, Loures, Odivelas e Vila Franca de Xira. Em 2015, foram recebidas cerca de 57.000 toneladas de recicláveis.

 

Serão envolvidos 2.000 alunos, de 13 escolas do Lumiar, em workshops criativos, nos quais os alunos vão reutilizar embalagens, o projeto educativo do Lisbon Week, cumpre a política dos 3 R’s – Reduzir, Reutilizar e Reciclar - e vai de encontro aos objetivos da Valorsul, ao promover a reutilização de materiais. Conta também com o apoio da SPV.

 

A proposta da 4ª edição do Lisbon week, que decorre entre 25 de Março e 2 de Abril de 2017, será viver e redescobrir o Lumiar, a mais antiga freguesia da cidade, que encerra as comemorações do seu 750.º aniversário em 2017, sendo atualmente a Freguesia com o maior número de habitantes de Lisboa. O relevo histórico e patrimonial do território será destacado em paralelo com a relevância das experiências que apresenta no seu dia a dia. Com o objetivo de descentralizar as atenções das zonas mais visíveis da cidade e criar um novo olhar sobre os seus bairros únicos, mostrando a relevância dos seus espaços e de todo o seu património imaterial. “Cada bairro, uma cidade.” – Será a assinatura da 4ª edição do Lisbon Week numa referência à redescoberta da cidade que não tem fim durante 10 dias. Mais informação em www.valorsul.pt

EGF é associada da APEMETA 01 MARÇO 2017

A EGF é associada da APEMETA - Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais desde o passado dia 20 de fevereiro. Com a participação nesta associação, a EGF procurará colaborar com os demais associados em iniciativas do setor do Ambiente, com especial foco no setor do resíduos. 

 

A APEMETA é uma associação empresarial do setor ambiental, privada e sem fins lucrativos, que foi fundada em 1989 e constituída em 1991, com o objetivo de apoiar a atividade empresarial do setor, e representa, atualmente, cerca de 130 empresas associadas. Para mais informações visite www.apemeta.pt

VALORLIS - Apresentação de livro 22 FEVEREIRO 2017

O Diretor Geral da VALORLIS, Nuno Heitor, participou no sábado 18 de Fevereiro na iniciativa Leiria Convida, no Centro de Interpretação Ambiental de Leiria onde a investigadora Luísa Schmidt apresentou o seu mais recente livro "Portugal: Ambientes de Mudança".

 

Nesta obra, a autora enuncia não só os principais problemas ambientais que afetam o nosso país, como também o que já foi ou ainda não foi feito para a sua resolução, ao longo dos últimos 26 anos.

 

“Foi com satisfação que aceitei fazer parte desta conversa em que o mote foi o ambiente e a sustentabilidade e pode dar o testemunho do papel que a Valorlis tem desenvolvido ao longo dos seus já 20 anos de atividade, na melhoria das condições ambientais da região ”, refere Nuno Heitor.

 

Moderada por Mário Oliveira, da associação ambientalista OIKOS, esta sessão do Leiria Convida contou com a participação de outros convidados, nomeadamente Filipa Alves (Águas do Centro Litoral), Nuno Heitor (Valorlis) e os vereadores da Educação e do Ambiente da Câmara Municipal de Leiria, Anabela Graça e Ricardo Santos, respetivamente.

 

Durante a sessão foi apresentada a agenda do Município de Leiria para a Educação Ambiental para o período decorrente entre fevereiro e julho de 2017, a desenvolver pelo Centro de Interpretação Ambiental e que conta com a participação ativa da Valorlis. Mais informações em www.valorlis.pt

ALGAR apoia Cruz Vermelha 20 FEVEREIRO 2017

A ALGAR, Concessionária da EGF para a região do Algarve, e as Delegações da Cruz Vemelha de Faro-Loulé; Lagos; Moncarapacho-Fuseta; Portimão; Tavira e o Centro Humanitário de Silves-Albufeira assinaram no dia 17 de fevereiro, um protocolo com o objetivo de angariar fundos destinados a equipar as suas unidades.

 

O projeto intitulado Missão Reciclar para a Cruz Vermelha Equipar visa a recolha e entrega de tampas e embalagens de plástico à Algar, que por sua vez as encaminhará para reciclagem, obtendo assim fundos para apoio a projetos desenvolvidos pelas respetivas unidades.

 

As delegações em apreço, são instituições não governamentais de carater voluntário, interesse público e sem fins lucrativos.

 

O objetivo fundamental da Cruz Vermelha Portuguesa é prestar assistência humanitária e social, em especial aos mais vulneráveis. As suas ações pretendem prevenir e reparar o sofrimento e simultaneamente, contribuir para a defesa da vida, da saúde e da dignidade humana.

 

Entre vários serviços prestados à população, destaca-se a intervenção junto das pessoas que estão expostas a situações que ameaçam a sua sobrevivência com dignidade, nomeadamente as caracterizadas por ausência ou insuficiência de meios sociais e económicos. Além disso a Cruz Vermelha participa em situações de emergência/socorro e ou transporte de doentes.

A celebração do protocolo de cooperação com a Algar, representa um passo importante e um contributo essencial para que estas Delegações consigam recursos financeiros que permitam dar continuidade ao serviço que realizam no âmbito da sua missão.

 

Pinto Rodrigues, Diretor Geral da Algar, explica « Separar não custa e ajudar também não! A Algar é uma empresa algarvia, feita por algarvios, ao serviço do Algarve. É para nós uma honra poder participar numa ação que contribui com quem mais precisa. A Algar continua assim a assumir a sua responsabilidade social para com a comunidade local, sempre empenhada na melhoria da qualidade de vida dos algarvios.» Para mais informações: www.algar.com.pt

ALGAR renova certificações 17 FEVEREIRO 2017

A ALGAR, Concessionária da EGF para a região do Algarve, responsável pela valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos em 16 municípios, renovou a sua certificação em Qualidade, Ambiente e Segurança, com abrangência a todas as unidades.

Segundo o Diretor Geral da Algar, Pinto Rodrigues, “a empresa foi alvo de auditoria entre os dias 6 e 20 de dezembro de 2016 e após análise da resposta da Algar ao relatório emitido, foi considerado pela entidade certificadora, APCER, encontrarem-se reunidas as condições necessárias à manutenção e extensão da certificação do Sistema de Gestão implementado em todas as unidades administrativas, de suporte e operacionais, nomeadamente: a atividade de Recolha Seletiva; 2 Aterros Sanitários; 8 Estações de Transferência; 13 Ecocentros; 2 Estações de Triagem; 3 Unidades de Valorização Energética do Biogás; 3 Unidades de Compostagem de Resíduos Verdes; 3 Unidades de Tratamento de Lixiviados (Osmose Inversa) e  1 Central de Valorização Orgânica.

 

Com a mais recente extensão da certificação à Central de Valorização Orgânica, sita em São Brás de Alportel, todas as instalações e atividades da empresa se encontram certificadas, deixando-nos muito satisfeitos”.

 

A confirmação da manutenção/extensão da certificação vem reconhecer que a gestão do sistema multimunicipal de recolha seletiva, transferência de resíduos, triagem e tratamento de resíduos sólidos da Algar, é efetuada com respeito por elevados padrões de qualidade dos serviços prestados, sobretudo quando se fala na movimentação de cerca de 400.000 toneladas de resíduos urbanos/ano.

 

De entre as inúmeras vantagens internas e externas inerentes ao Sistema Integrado de Gestão da Algar, salienta-se a prevenção e o controlo de riscos, bem como a minimização de impactes ambientais, o reforço da formação e a satisfação dos colaboradores, clientes, partes interessadas e sociedade de uma forma geral. No âmbito da Segurança, a Algar previne o risco de acidentes, de doenças profissionais e garante um ambiente de trabalho seguro e saudável, em todos os setores da empresa. Mais informações em www.algar.com.pt

 

VALORLIS renova certificações 08 FEVEREIRO 2017

A Valorlis, Concessionária da EGF na região de Leiria, renovou a certificação em Qualidade (norma NP EN ISO 9001:2008) em Ambiente (norma NP EN ISO 14001:2012) e em Higiene e Segurança no Trabalho (OHSAS 18001:2007).

 

Nuno Heitor, Diretor Geral da Valorlis, refere que “a empresa recebeu a auditoria entre 12 e 14 de Dezembro de 2016, e, analisados todos os critérios e procedimentos, no dia 31 de janeiro 2017 foi confirmada a manutenção das certificações, o que nos deixa muito satisfeitos. Desde 2005 que temos conseguido manter esta prova da qualidade do nosso trabalho, mas também desde então as exigências têm sido cada vez maiores, ou seja, há 11 anos que mantemos esta certificação e nos superamos diariamente para desenvolver o nosso trabalho o melhor possível, ultrapassando todas as condicionantes, e assegurando uma relação de confiança com todos os nossos parceiros.”

 

O Sistema de Gestão Integrado (Qualidade, Ambiente e Segurança) da Valorlis constitui uma ferramenta que permite gerir a globalidade dos aspetos de ambiente, de segurança e saúde no trabalho e qualidade da empresa, para assegurar a prevenção e o controlo dos impactes ambientais negativos, dos perigos e riscos para a segurança e saúde dos trabalhadores e a satisfação dos clientes.

 

A Valorlis reforça, assim, o compromisso de melhoria contínua da eficácia do seu Sistema de Gestão Integrado (Qualidade, Ambiente e Segurança), como contributo para um desenvolvimento sustentável da região.

 

A certificação da Valorlis compreende todas as suas atividades no âmbito da “Recolha Seletiva, Triagem e Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos”, que são desenvolvidas tanto nas suas instalações, como em toda a área geográfica correspondente ao Sistema Multimunicipal da Alta Estremadura. 

Para mais informações: www.valorlis.pt

VALORSUL e EPAL em parceria 31 JANEIRO 2017

A Valorsul, Concessionária da EGF na região de Lisboa (Norte) e Oeste, e a EPAL, assinaram um protocolo de parceria na sensibilização para o uso eficiente da água e para as boas práticas face aos resíduos produzidos.

 

Este Protocolo, no âmbito da Comunicação e Educação Ambiental, passa por um conjunto de iniciativas a implementar junto das escolas e da população. Neste trabalho de parceria, as duas entidades vão tratar dois temas de relevo, quer para os cidadãos quer para o ambiente.

 

Os princípios de desenvolvimento sustentável da EPAL e da Valorsul refletem-se neste acordo e, aliados aos objetivos e estratégia de Comunicação e Educação Ambiental de ambas as empresas, vão fazer coincidir a mensagem das ações a desenvolver. Será dado destaque à importância do Uso Eficiente da Água e do Ciclo Urbano da Água e à prevenção, reutilização e reciclagem máxima dos resíduos. As duas entidades comprometem-se assim a articular as matérias comuns de Comunicação e Educação Ambiental nos domínios da água e dos resíduos.

 

As duas empresas acordaram em desenvolver uma estratégia conjunta junto de públicos-alvo específicos, em toda a área geográfica abrangida por ambas as entidades. Os estabelecimentos de ensino serão um público-alvo prioritário e serão desenvolvidas campanhas de voluntariado conjuntas, envolvendo a comunidade escolar. Serão partilhados recursos para comunicação de objetivos ambientais comuns e poderão ser realizadas em conjunto candidaturas a projetos, no âmbito dos programas da União Europeia ou outros.

 

Ainda no âmbito desta parceria, o concurso “Separa e Ganha”, promovido pela Valorsul com o objetivo de aumentar a quantidade e qualidade das embalagens separadas no Ecoponto Amarelo, será apoiado também pela EPAL na vertente do uso eficiente da água, na atribuição de prémios às escolas vencedoras no concelho de Lisboa, com a instalação de novos bebedouros de água, entrega de garrafas Fill Forever aos melhores alunos e instalação gratuita do serviço waterbeep®.  No presente ano letivo, em Lisboa, esta iniciativa conta com a participação de 22 escolas e na edição anterior foram separadas 4 toneladas de plástico e metal.

 

A assinatura do Protocolo contou com a presença do Eng.º José Sardinha, Presidente da EPAL, e da Dra. Gabriela Ventura, Presidente da Comissão Executiva da Valorsul. Para mais informações: www.valorsul.pt

 

 

Sobre a Valorsul

A Valorsul é responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos de 19 municípios da zona de Lisboa e região Oeste: Alcobaça | Alenquer | Amadora | Arruda dos Vinhos | Azambuja | Bombarral | Cadaval | Caldas da Rainha | Lisboa | Loures | Lourinhã | Nazaré | Óbidos | Odivelas | Peniche | Rio Maior | Sobral de Monte Agraço | Torres Vedras | Vila Franca de Xira.

 

A Valorsul valoriza 20% de todo o lixo doméstico produzido em Portugal, servindo 1,6 milhões de habitantes. A Valorsul produz e exporta para a rede elétrica 2% dos consumos domésticos nacionais.

 

Sobre a EPAL

A EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres, S.A., é uma empresa do setor empresarial do Estado, detida a 100% pela AdP – Águas de Portugal, SGPS, S.A.

A área de intervenção da EPAL, até 1935, limitava-se ao abastecimento e distribuição de água ao concelho de Lisboa. A partir deste ano, a área de intervenção da EPAL alarga-se progressivamente, passando a abastecer em alta 35 municípios da Grande Lisboa e da margem norte do rio Tejo. Desde julho de 2015, a EPAL é responsável pela gestão delegada do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), atribuída pelo decreto-lei nº 94/2015 de 29 de maio, que integra 86 municípios. Atualmente a área servida pela EPAL e LVT abrange 95 municípios que ocupam uma área territorial correspondente a 33% do território continental português, servindo 3,8 milhões de habitantes.

EGF marcou presença em Angola 26 JANEIRO 2017

A EGF participou no II Fórum Angola-Portugal, um evento que se realizou nos dias 24 e 25 de janeiro em Luanda (Angola), numa iniciativa organizada pela AEP - Associação Empresarial de Portugal, em parceria com a AICEP Portugal Global e a Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Angola.

 

Os empresários presentes nesta comitiva tiveram ainda oportunidade de reunir com o Embaixador de Portugal, João Caetano da Silva, e fazer contactos comerciais durante os dois dias do evento que decorreu no hotel Epic Sana.

 

Para além do evento, que contou com mais de 200 empresários, a EGF apresentou aos participantes e à comunicação social as várias soluções de tratamento e valorização de resíduos e a necessária alteração de comportamentos por parte do cidadão e das instituições face aos resíduos produzidos, na ótica de encarar o lixo como um recurso que se pode valorizar.

 

Este evento é um exemplo da política de internacionalização que se pretende dinamizar na EGF, e permitiu dar a conhecer a empresa num mercado com muito potencial quanto à gestão de resíduos. 

 

EGF está no Fórum Angola-Portugal 23 JANEIRO 2017

A EGF participa no II Fórum Angola-Portugal, um evento que se realiza nos dias 24 e 25 de janeiro em Luanda (Angola), numa iniciativa organizada pela AEP - Associação Empresarial de Portugal, em parceria com a AICEP Portugal Global e a Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Angola.

 

Este evento é um exemplo da política de internacionalização que se pretende dinamizar na EGF, e vai dar a conhecer a empresa num mercado com muito potencial quanto à gestão de resíduos. O elevado know-how da EGF será apresentado e discutido neste fórum, onde estará um stand ao qual todos os interessados se podem dirigir para qualquer contacto.

 

 

PROGRAMA

Hotel Epic Sana, Luanda | 24 de janeiro 2017

 

09h45 Receção dos participantes

 

10h00 Boas Vindas

- Dr. Luís Miguel Ribeiro, Vice-Presidente da AEP

- Dr. João Caetano da Silva, S.E. Embaixador de Portugal em Angola

- Dr. Joffre Van Dunem Junior, Presidente do Entreposto Aduaneiro de Angola

 

10h30  “O Valor Económico da Língua Portuguesa”

- Dr. António Alves Lopes, Assessor político diplomático da CPLP

- Dr. Agostinho Kapaia, Presidente da CEEIA - Comunidade de Empresas Exportadoras e     

  Internacionalizadas de Angola

- Dr. José Severino, Presidente da AIA – Associação Industrial de Angola

- Dr. Fernando Mendes Teles, Presidente do Conselho de Administração do Banco BIC

 

Moderador: Dr. Mário Pinto de Andrade, Professor e Reitor da Universidade Lusíada de Angola (a confirmar)

 

11h15 Coffee break

 

11h30  “Parcerias entre as empresas Angolanas e Portuguesas na diversificação da Economia

              Angolana”

- Eng. António Henriques da Silva, Presidente da APIEX

- Dra. Chindalena Lourenço, Delegada em Angola da Câmara de Comércio e Indústria   Portugal – Angola

- Dr. Adérito Areias, Presidente do Grupo Adérito Areias (a confirmar)

- Ministério da Indústria de Angola (elemento a confirmar)

 

- Moderador: Dr. Francisco Miguel Paulo, Professor e Investigador Auxiliar  do Centro de Estudos da UCAN 

- Intervenção curta de 3 empresas expositoras

 

 12h30 Debate

 

13h00 – Encerramento

- Dr. José Junqueiro, Delegado da AICEP em Angola

 

09:30 – 18:00 - Exposição (20 empresas Portuguesas participantes) - 24 e 25 de Janeiro

 

A EGF convida os interessados a participar neste Fórum e a visitar a Mostra de Produtos e Serviços de origem Portuguesa na capital angolana, beneficiando de um conjunto de iniciativas que, acreditamos, poderão resultar numa solução válida para o estreitamento e reforço do relacionamento económico e comercial entre as empresas de ambos os Países.

VALORLIS cresce 3% na reciclagem 19 JANEIRO 2017

A Valorlis, Concessionária da EGF na região de Leiria que trata os resíduos urbanos de 6 municípios, enviou para reciclagem em 2016 um total de 10.372 toneladas de resíduos, que correspondem a um aumento global de 3% na quantidade de material enviado para reciclagem em relação a 2015. Parcelarmente, registaram-se aumentos de 0,2% no vidro, 2,5% no papel/cartão e mais de 10% nas embalagens de plástico e metal.

 

O esforço de recolha seletiva nos municípios da área de influência da Valorlis (Batalha, Leiria, Marinha Grande, Pombal, Porto de Mós e Ourém) resultou na poupança de 64 mil árvores, poupou energia suficiente para manter ligada uma televisão durante 866 anos, metal que permite fabricar mais de 9,5 milhões de latas de 0,33 litros, plástico suficiente para produzir mais de 7,5 milhões de t-shirts XL e a quantidade de vidro que permite produzir cerca de 11,5 milhões de garrafas de 0,75 litros.

 

O envolvimento da população dos seis concelhos da área de intervenção da Valorlis foi essencial para alcançar estes resultados. Nuno Heitor, Diretor Geral da Valorlis, salienta “a Valorlis reconhece o esforço da população e agradece todo o seu contributo, que é imprescindível para a recolha seletiva, procurando retribuir com um serviço cada vez melhor e que vá ao encontro das suas necessidades”.

 

Cada cidadão da região, ao separar e depositar os resíduos no ecoponto, contribuiu para que no final de 2016 tenha sido possível enviar para reciclagem materiais que permitem produzir ou poupar recursos muito significativos “a deposição seletiva é já uma prioridade para muitos munícipes, mas temos consciência de que o nosso esforço de sensibilização deverá manter-se, com uma linguagem simples e direta, de forma a mostrar a todas as pessoas que é possível fazer a diferença” explica Nuno Heitor.

 

“Acreditamos que em conjunto será possível manter em 2017 a nossa região como uma referência nas metas da reciclagem e alcançar os exigentes objetivos que nos colocam em termos de material enviado para reciclagem até 2020. São pequenos esforços que fazemos no dia-a-dia, que vão fazer toda a diferença num futuro muito próximo”, acrescenta.

 

Para mais informações: www.valorlis.pt

ALGAR - Reciclagem e Apoio Social 13 JANEIRO 2017

A Algar, Concessionária da EGF responsável pela valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos nos 16 municípios algarvios, assinou um protocolo com a Associação Oncológica do Algarve (AOA) com o objetivo de angariar fundos destinados à obra da AOA, em prol do doente oncológico.

 

O projeto intitulado Tampinha à garrafinha visa a recolha e entrega de tampas e embalagens de plástico à Algar, que por sua vez as encaminhará para reciclagem, obtendo assim fundos para apoio a projetos desenvolvidos pela AOA.

 

Segundo a AOA «A recente celebração do Protocolo de Cooperação com a Algar, representa sem dúvida um passo importante e de grande relevância, quer ao nível do cumprimento da missão da AOA e concretização de diversos projetos em curso, em prol do doente oncológico, quer no âmbito da sua própria sustentabilidade. De entre os objetivos a que a AOA se propõe alcançar ao longo deste novo ano de 2017, que agora se inicia, salientamos aquele que se realizará muito em breve, e do qual muito nos orgulhamos - a aquisição de uma nova Unidade Móvel para o programa de rastreio do Cancro da Mama, que está prevista até ao final do 1.º semestre.

Esta nova unidade estará equipada com um mamógrafo que irá utilizar tomossíntese. Desta forma o diagnóstico será ainda mais eficaz do que o atual, e com mais baixa emissão de radiações. O rastreio da AOA voltará a ser pioneiro, passando a ser o único no país a utilizar esta tecnologia. »

 

Pinto Rodrigues, Diretor Geral da Algar, explica «As empresas não podem apenas limitar-se a desempenhar as suas funções primárias, mas também a desenvolver o seu papel social. A ALGAR é uma empresa algarvia, feita por algarvios, ao serviço do Algarve. É para nós uma honra poder participar numa ação que contribui com quem mais precisa. »

 

A ALGAR continua assim a assumir a sua responsabilidade social para com a comunidade local, sempre empenhada na melhoria da qualidade de vida dos algarvios. Para mais informações: www.algar.com.pt

VALORMINHO inicia campanha 09 JANEIRO 2017

A Valorminho, empresa Concessionária da EGF responsável pela valorização de resíduos de 6 municípios da região do Minho, deu início em Melgaço à campanha Divida por todos e seja feliz.

Esta campanha, apoiada pela Sociedade Ponto Verde, consiste num contacto direto com a população, numa campanha porta-a-porta, em que se entrega um ecoponto doméstico e se explicam as regras da separação de embalagens. 

A campanha tem como objetivo aumentar a quantidade de resíduos recolhidos e desta forma prolongar o ciclo de vida dos materiais valorizáveis, sendo da responsabilidade de cada cidadão promover a correta deposição dos seus resíduos nos contetores adequados a cada material. Esta ação teve divulgação no Porto Canal, no programa Grandes Manhãs, que pode ser visualizado aqui

Mais informações em www.valorminho.pt

RESIESTRELA renova certificação 04 JANEIRO 2017

A Resiestrela, empresa concessionária da EGF responsável valorização de resíduos urbanos na Cova da Beira, renovou a certificação do seu Sistema Integrado de Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho, segundo os principais referenciais normativos nacionais.

A renovação da certificação foi obtida após a entidade certificadora TÜV Rheinland Portugal ter realizado a necessária auditoria anual para a comprovação da Certificação da Resiestrela, atribuída no âmbito das Normas NP EN ISO 9001:2008 - Qualidade, NP EN ISO 14001:2004 - Ambiente e OHSAS 18001:2007 - Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho.

Esta entidade comprovou assim o êxito das estratégias e procedimentos da Resiestrela que têm permitido uma melhoria contínua do desempenho da empresa nas áreas em causa, e consequentemente renovou a Certificação do Sistema Integrado de Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho.

 

 

ALGARLINHA iniciou a 2 JAN 02 JANEIRO 2017

A ALGAR, empresa concessionária da EGF, promove um serviço gratuito de recolha seletiva de resíduos de embalagem, porta-a-porta, ao pequeno comércio, restauração e serviços. Este serviço, habitualmente conhecido por “Ambilinha”, realizado nos 16 concelhos da região do Algarve, vai passar a chamar-se Algarlinha e estará disponível já a partir do dia 2 de Janeiro de 2017.

Os procedimentos, metodologia de recolha dos resíduos de embalagem, são os seguintes:

 

  • A Algarlinha entrega sacos e sinaléticas para a deposição de resíduos de embalagens recicláveis (vidro, plástico/metal e papel/cartão);
  • Todo o material recolhido no âmbito do serviço prestado, deverá estar separado e limpo de contaminantes. As embalagens, sempre que possível, devem ser escorridas e/ou espalmadas antes de serem colocadas nos sacos (verde, amarelo e azul, respetivamente);
  • Os sacos cheios e fechados são recolhidos;
  • A Algarlinha fará a reposição de mais sacos vazios em troca dos recolhidos.

O horário de atendimento para esclarecimentos realiza-se em dias úteis de segunda a sexta, das 9h às 13h e das 14h às 18h, podendo para o efeito utilizar-se os seguintes contactos: linha Verde: 800 915 331 | Email: algarlinha@suma.pt.

O sucesso do serviço Algarlinha é uma vantagem para o Ambiente, sendo no entanto indispensável a colaboração ativa de todos os intervenientes. Para mais informações: www.algar.com.pt

ALGAR promove corretivo orgânico 23 DEZEMBRO 2016

A ALGAR, empresa participada da EGF que assegura a valorização de resíduos no Algarve, promove a utilização do corretivo orgânico NUTRIVERDE® com uma ação especial para a quadra festiva. Desde o dia 15 de dezembro que em todas as instalações da ALGAR existem hortícolas e amostras ddeste corretivo para oferecer a quem se deslocar às suas instalações para entregar resíduos. O objetivo é convidar os algarvios a cultivarem uma horta. Para além de potenciar o despertar de interesse para a alimentação saudável traz ainda vantagens económicas ao proporcionar legumes mais baratos e saborosos.

 

Corretivo Orgânico da ALGAR lado a lado com a Agricultura

O NUTRIVERDE® é produzido pela ALGAR a partir de resíduos verdes. A sua excelente qualidade, promove maiores produções em culturas agrícolas. Trata-se de um corretivo orgânico 100% natural que, para além de não ser agressivo e poluente para a natureza, traz inúmeros benefícios ao solo, pois combate a erosão e melhora as suas propriedades físicas, químicas e biológicos, etc.

O NUTRIVERDE® pode ser adquirido nas instalações da ALGAR, durante o horário de funcionamento das mesmas. A empresa possui 3 Unidades de Compostagem de Verdes em funcionamento, em Portimão, São Brás de Alportel e Tavira. As entregas do NUTRIVERDE® podem ser efetuadas pela ALGAR, mediante condições a acertar com o cliente.

Atualmente a venda do NUTRIVERDE®  e do NUTRIVERDE PREMIUM® é efetuada a granel e em big bag (embalagem com cerca de 800 kg). Para saber mais sobre o NUTRIVERDE® consulte o site www.nutriverde.pt.

RESIESTRELA sensibiliza no Natal 20 DEZEMBRO 2016

A Resiestrela, empresa participada da EGF que assegura o tratamento e valorização de resíduos em 14 municípios, está a promover uma campanha de sensibilização ambiental nesta época de Natal, através dos meios de comunicação social, onde apela à colocação das embalagens dentro dos ecopontos, pois tem vindo a verificar-se, sobretudo na quadra natalícia, uma maior deposição de papel/cartão e plástico junto a estes contentores.

Evento da APEMETA 23 NOVEMBRO 2016

A EGF participou no III Encontro Internacional de Tecnologias Ambientais, organizado pela APEMETA (Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais), que se realizou a 23 de novembro no Porto. Este encontro foi realizado no âmbito do do projeto AMEX II – Ambiente e Exportação,e incluiu um dia de workshop e reuniões B2B aberto às empresas Portuguesas.

Neste Workshop estiveram presentes várias entidades de referência no setor do Ambiente de alguns países da América do Sul e Central, nomeadamente, Chile, Colômbia, Costa Rica e Peru.

A presença da EGF foi marcada pela intervenção do Presidente do Conselho de Administração, Ismael Gaspar, que interviu com uma apresentação sobre a empresa e o Grupo Mota-Engil e a sua relação com os temas da Economia Circular.

Para mais informações: www.apemeta.pt

ALGAR aumenta produção de energia 16 NOVEMBRO 2016

Algar aumenta a sua capacidade de produção de energia

No final do mês de outubro de 2016, a Algar aumentou a sua capacidade de produção de energia elétrica a partir da extração de biogás. O novo centro eletroprodutor, situado no Parque Ambiental da Alfarrobeira, localizado no Município de São Brás de Alportel, integra o conjunto de infraestruturas que compõem a Central de Valorização Orgânica do Algarve (CVO).

É nesta unidade que se produz o biogás a partir da decomposição dos resíduos orgânicos. Em outubro de 2016, a produção de biogás na CVO, rondou os 74.000 Nm3 (com um teor de metano de 65%, tendo sido injetados na rede 197 MWh de energia elétrica). Nesta fase inicial apenas 1 dos 2 motogeradores (400 kW cada) está em laboração, prevendo-se o pleno funcionamento em 2017.

Estima-se que a produção de biogás e de energia, seja de cerca de 450 MWh/mês, equivalente às necessidades energéticas de 5.150 habitantes.

A Algar possui mais dois centros electroprodutores de energia que estão dedicados à valorização do biogás produzido nos aterros sanitários situadas em Portimão e em Loulé.

A CVO iniciou a sua atividade em 2014, com o arranque da etapa de tratamento mecânico, tendo posteriormente desenvolvido o arranque faseado do tratamento biológico, compostagem e digestão anaeróbia, em maio e dezembro de 2015, respetivamente.

É uma instalação dotada com soluções técnicas e modernas que contribuem para o tratamento e valorização dos resíduos urbanos biodegradáveis. O processo de tratamento é efetuado através de uma digestão anaeróbia (ausência de oxigénio) de via húmida e mesófila, com pós compostagem da lama digerida, cujo resultado final é o composto, que será utilizado como fertilizante agrícola.

Atualmente processa cerca de 3.500 toneladas de resíduos por mês, das quais 3.000 são Resíduos Urbanos (RU) da recolha indiferenciada, rececionada essencialmente dos municípios de São Brás de Alportel, Tavira, Faro, Loulé e Olhão, complementada por 500 toneladas/mês, de matéria orgânica proveniente do Tratamento Mecânico de Portimão.

Programa Ecovalor 9 NOVEMBRO 2016

O Programa Ecovalor da Valorsul é um programa de educação ambiental dedicado em exclusivo à comunidade escolar, e recomeçou mais um ano letivo com as escolas dos 19 municípios das regiões de Lisboa (Norte) e Oeste. Este ano as novidades e formas de participação foram apresentadas em Torres Vedras, um dos 19 municípios onde o programa existe. O evento de apresentação destinou-se a professores, técnicos municipais, Juntas de Freguesia e a todos aqueles que querem dar o destino adequado às suas embalagens de uma forma estruturada e eficaz. Mais informações em www.valorsul.pt

Centro eletroprodutor da AMARSUL 28 OUTUBRO 2016

O novo centro eletroprodutor, situado no Ecoparque da Amarsul, localizado no município do Seixal, integra o conjunto de infraestruturas que compõem a Central de Valorização Orgânica. É nesta unidade que se extrai o biogás gerado a partir da decomposição dos resíduos orgânicos. Em setembro de 2016, a produção de biogás na CVO, rondou os 135.000 m3, com um teor de metano de 60%, tendo sido injetados na rede 300 MWh de energia elétrica. Nesta fase inicial apenas um dos 3 motogeradores (800 kW cada) está em laboração, prevendo-se pleno funcionamento em 2017. Estima-se que a produção de biogás e de energia seja de cerca de 900 MWh/mês, equivalente às necessidades energéticas de 10.300 habitantes (fonte: anuário APREN 2012, pág.319).

VALORLIS convida a pedalar 15 SETEMBRO 2016

Valorlis convida a pedalar Na Rota das Embalagens

 

A Valorlis – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, SA, no âmbito da campanha Reciclar é o que está a dar, que pretende sensibilizar para a importância da reciclagem, desafia toda a população a participar no 6º Passeio de Bicicleta “Na Rota das Embalagens”.

 

O passeio de bicicleta está marcado para o dia 23 de outubro com concentração na Valorlis às 9 horas. O passeio é dirigido a toda a população, para todas as idades, contando com dois percursos fáceis e acessíveis, um mais curto de apenas 10 km e um percurso de 30 km.

 

Para mais informações: www.valorlis.pt

AMARSUL obtém Menção Honrosa 20 SETEMBRO 2016

A Amarsul e o evento Eco Fashion foram distinguidos com uma Menção Honrosa nos prémios Meios e Publicidade, na categoria de Ambiente e Energia. Num total de 122 trabalhos inscritos, apenas 45 chegaram à shortlist e destes, 39 foram distinguidos.

EGF participou no Congresso Mundial da ISWA 19 SETEMBRO 2016

A EGF marcou presença no Congresso Mundial da International Solid Waste Association (ISWA) que se realizou em Novi Sad, na Sérvia. A International Solid Waste Association é uma organização internacional, independente e sem fins lucrativos, cujo trabalho é focado na promoção e desenvolvimento de uma gestão sustentável dos resíduos, e conta com associados de mais de 100 países. O evento reuniu vários especialistas e stakeholders internacionais da gestão de resíduos, e a Diretora de Comunicação da EGF, Ana Loureiro, marcou presença em representação do Grupo. Ana Loureiro foi uma das oradoras na sessão plenária para debater o tema da Comunicação como um pilar da Economia Circular, e fez ainda uma apresentação sobre o papel da Comunicação na missão da ISWA. Para Ana Loureiro, a participação da EGF no evento representou uma oportunidade de demonstrar que estamos atentos às questões internacionais associadas à Economia Circular e que somos uma empresa europeia de referência no tratamento e valorização de resíduos. Para além disso, ficamos associados a um projeto de elevada nobreza técnica e humana, que é o de procurar solução para fechar as maiores 50 lixeiras ao nível mundial. O objetivo da International Solid Waste Association é promover um planeta limpo, onde os resíduos sejam utilizados de forma eficiente e reduzida, e, em seguida, recolhidos, reciclados e tratados. No próximo ano, o Congresso Mundial da ISWA terá lugar em Baltimore, EUA.

EGF presente no 17.º Encontro de Engenharia Sanitária e Ambiental 16 SETEMBRO 2016

A EGF mancou presença no 17º Encontro de Engenharia Sanitária e Ambiental, que teve lugar em Guimarães, e que reuniu cerca de 400 especialistas mundiais das áreas dos resíduos e da água. O evento foi uma iniciativa da Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária (APESB), que convidou o presidente da EGF, Ismael Gaspar, a integrar um painel de oradores que debateram a problemática do financiamento do setor. Ismael Gaspar Presidente da EGF “Neste momento precisamos que o país resolva de uma forma definitiva a estabilidade do nosso setor bancário. Enquanto não existir essa estabilidade e não estiverem reunidos os indicadores de confiança necessário para que os investidores invistam em Portugal, vai ser difícil dar resposta a essa necessidade de investimento. O que temos verificado nos últimos anos é que o investimento público está praticamente reduzido a zero, o que conjugado com o estado atual do nosso sistema bancário conduz à paralisia do investimento. Sem estas premissas estarem resolvidas será difícil conquistar o apoio de entidades como o Banco Europeu de Investimento ou outras instituições internacionais que olhem com confiança para o nosso país” - declarações de Ismael Gaspar. O 17º ENASB decorre numa altura em que se discute o atual modelo de desenvolvimento na área do Ambiente e se analisa uma mudança de paradigma. A Engenharia Sanitária e Ambiental desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar das pessoas, pelo que se torna fundamental promover um balanço do trabalho desenvolvido, assim como discutir os passos seguintes para encarar novos desafios, integrando todos os agentes na procura de soluções sustentáveis, que a nível económico, social e ambiental garantam o cumprimento das metas estabelecidas. Ismael Gaspar Presidente da EGF “O caminho é apostar na melhoria da eficiência da prestação do serviço, na diminuição do custo desse serviço e na satisfação dos clientes, que no fundo são os cidadãos. As questões ambientais estão muito presentes no nosso dia-a-dia e não podemos pensar que as nossas cidades têm o seu problema resolvido, porque tanto no setor da água como no setor dos resíduos, há uma margem de melhoria de eficiência bastante grande. É importante termos este tipo de discussões e é fundamental que os diversos agentes que trabalham nesta área tentem alinhar as suas perspetivas para que as decisões a tomar e os planos a desenvolver sejam os mais consolidados e tenham a maior margem de consenso possível, para que esteja garantido o sucesso da implementação. Também é fundamental que nós cidadãos tenhamos consciência que a melhoria do meio ambiente tem um custo e portanto temos de estar preparados e disponíveis para também alterarmos os nossos comportamentos.” A sessão de encerramento do evento contou com a presença do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, que aproveitou a ocasião para reiterar o apoio do Governo à internacionalização, num elogio às empresas de engenharia portuguesas pela capacidade de fazer o melhor em condições nem sempre favoráveis. Ao longo de 3 dias, o Encontro de Engenharia Sanitária e Ambiental reuniu assim centenas de técnicos de Autarquias, Entidades Gestoras, Universidades e Organismos de Investigação, Empresas de Construção e Equipamento, Consultoria e Serviços.

EGF Participou na AgroGlobal 7 a 9 SETEMBRO 2016

A EGF participou na AgroGlobal, a maior feira agrícola do país e uma das maiores da Europa, que se realizou em Valada do Ribatejo, entre 7 e 9 de setembro. A EGF apresentou nesta feira os corretivos orgânicos que produz nas várias empresas do Grupo, assim como os benefícios da sua utilização para o solo e para as plantas. A produção é assegurada nas suas unidades a partir do tratamento e compostagem da fração orgânica de resíduos urbanos ou de resíduos verdes. A utilização dos corretivos orgânicos da EGF é muito vantajosa nos principais sistemas agroflorestais, nomeadamente em culturas agrícolas, arbóreas e arbustivas, nomeadamente vinhas, pomares, olivais e espécies silvícolas. Para mais informações sobre o funcionamento da feira: www.agroglobal.com.pt

EGF debateu principais desafios do setor dos resíduos 16 ABRIL 2016

A EGF apoiou o 10º Fórum Nacional de Resíduos, que decorreu em Lisboa, organizado pelo jornal Água&Ambiente. Entre cerca de 400 participantes, durante dois dias, foram discutidos os principais desafios do setor, identificando as tendências internacionais e privilegiando o debate em torno de um novo ciclo marcado pela Economia Circular. O Presidente do Conselho de Administração da EGF, Ismael Gaspar, fez parte do painel de oradores no evento e defendeu que é muito importante que exista uma “visão estratégica para o setor e uma ponderação na forma como são articuladas todas as políticas e decisões porque é essencial que elas tenham racionalidade económica.” Também o Diretor de Produção da EGF, Tomás Serra, participou neste encontro e lembrou que “os objetivos que agora estão a ser discutidos para 2030 são muito severos por isso temos de começar já a trabalhar com eles em mente, senão dificilmente os conseguiremos cumprir.” Para o ano 2030, a novas metas da Comissão Europeia para o setor dos resíduos consistem na limitação de 10% para o depósito dos resíduos em aterro, a reciclagem dos resíduos urbanos com um mínimo de 65% e a reciclagem dos resíduos de embalagens em 75%, procurando integrar a Economia Circular como novo paradigma da política de resíduos.

Valorsul eleita Marca de Confiança dos Portugueses em 2016 16 MAIO 2016

A Valorsul - Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos das Regiões de Lisboa e do Oeste, S.A., foi distinguida com o prémio “Marca de Confiança dos Portugueses” em 2016, na categoria de Ambiente, como a empresa de tratamento de resíduos em que os consumidores mais confiam, com 24% dos votos dos inquiridos. Numa pergunta aberta e sem referências de resposta, dirigida a 13.200 assinantes da revista Seleções de Reader's Digest, este foi o resultado de um estudo que todos os anos avalia a opinião dos consumidores sobre a confiança que depositam nas variadas marcas de diferentes produtos e serviços do mercado. Para a Valorsul, esta distinção é “motivadora” e a empresa promete continuar a responder com um profundo sentido de serviço público e de compromisso com os seus clientes e parceiros, de modo a manter-se como uma empresa de excelência, inovadora, sustentável e socialmente responsável.

Quadros da EGF otimistas com integração no Grupo Mota-Engil 15 NOVEMBRO 2016

A Direção de Recursos Humanos da Mota-Engil Ambiente e Serviços organizou uma Reunião de Quadros da Empresa Geral de Fomento (EGF), na Fundação Manuel António da Mota, no Porto. O evento “Construir o Futuro, Juntos” contou com a presença de 95 novos colaboradores, que foram recebidos por António Mota, Presidente do Conselho de Administração do Grupo Mota-Engil, Gonçalo Moura Martins, CEO do Grupo Mota-Engil, Carlos Mota Santos, Presidente do Conselho de Administração da Mota-Engil Ambiente e Serviços, e Eduardo Pimentel, CEO da Mota- Engil Ambiente e Serviços.   No início da reunião, Gonçalo Moura Martins fez uma apresentação do Grupo Mota-Engil, dando a conhecer os valores do Grupo e explicando o objetivo estratégico daintegração da EGF. A sessão contou depois com um momento de perguntas e respostas, onde os Quadrosda EGF puderam dar a conhecer as suas expectativas. Os resultados foram bastantepositivos, mostrando um ambiente de confiança e motivação.   Na sua intervenção, António Mota fez um discurso onde lembrou o espírito do Grupo, que procura andar sempre um passo à frente, e reafirmou o objetivo de internacionalizar a EGF.