Tratamento Mecânico e Biológico

Os resíduos orgânicos constituem a maior parte dos resíduos produzidos pela população, com um potencial de valorização elevado, tanto na produção de energia como de corretivos orgânicos que podem ser utilizados na agricultura.

 

Estes resíduos já são recolhidos seletivamente em várias áreas do país, tendo sido esta recolha iniciada em Lisboa em 2005, com a  implementação do Programa Mais Valor, iniciado pela Valorsul - concessionária da EGF para a região de Lisboa (Norte).

 

Para dar dimensão a este facto, a EGF tem a funcionar em Portugal 19 centrais de valorização orgânica, que variam entre centrais de tratamento mecânico e biológico, centrais de compostagem e centrais de digestão anaeróbia.

 

Estas instalações permitem separar embalagens e contaminantes provenientes da recolha de lixo comum e de bioresíduos, garantindo o seu envio para reciclagem; a produção de corretivos orgânicos para a agricultura; e a produção de energia, nos casos em que existe a digestão anaeróbia dos resíduos.

Centrais de Tratamento Mecânico e Biológico
Algar - Unidade de Compostagem de Verdes Portimão

Localização: Aterro Sanitário do Barlavento, Chão Frio - Porto de Lagos, 8500-800 PORTIMÃO

Área ocupada: 0,65 ha

Origem dos RU: Resíduos Verdes provenientes dos municípios e particulares (empresas).

Resíduos aceites/tratados: Resíduos verdes

Processo de tratamento: Compostagem

Capacidade máxima de processamento: 5.000 t/ano

Data de entrada em funcionamento: março de 2002

Algar - Unidades de Compostagem de Resíduos Verdes Tavira

Localização: Estrada Nossa Senhora da Saúde, Fonte Salgada, 8800-205 TAVIRA

Área ocupada: 0,6 ha

Origem dos RU: Resíduos Verdes provenientes dos municípios e particulares (empresas).

Resíduos aceites/tratados: Resíduos verdes

Processo de tratamento: Compostagem

Capacidade máxima de processamento: 5.000 t/ano

Data de entrada em funcionamento: março de 2002

Algar - Unidade de Compostagem de Resíduos Verdes São Brás

Localização: Parque Ambiental da Alfarrobeira (Central de Valorização Orgânica/Unidade de Compostagem), Mesquita de Baixo, 8150-048 São Brás de Alportel

Área ocupada: 1 ha

Origem dos RU: Resíduos Verdes provenientes dos municípios e particulares (empresas).

Resíduos aceites/tratados: Resíduos verdes

Processo de tratamento: Compostagem

Capacidade máxima de processamento: 10.000 t/ano

Data de entrada em funcionamento: janeiro de 2012

Algar- Central de Tratamento Mecânico e Biológico

Localização: Parque Ambiental da Alfarrobeira (Central de Valorização Orgânica/Unidade de Compostagem), Mesquita de Baixo, 8150-048 São Brás de Alportel

Área ocupada: 4,2 ha

Origem dos RU: Resíduos indiferenciados (RU) provenientes dos municípios de São Brás de Alportel, Tavira, VRSA e Castro Marim.

Resíduos aceites/tratados:  Resíduos indiferenciados (RU)

Processo de tratamento: Digestão anaeróbia.

Capacidade máxima de processamento: 22 500 t/ano de RU + 10 000 t/ano de RUB

Data de entrada em funcionamento: Julho de 2014

Algar - Unidade de Tratamento Mecânico

Localização: Aterro Sanitário do Barlavento, Chão Frio - Porto de Lagos, 8500-800 PORTIMÃO

Área ocupada: 0,3 ha incluindo zona da prensa

Origem dos RU: Resíduos indiferenciados provenientes dos Municípios do Barlavento e de particulares (empresas)

Resíduos aceites/tratados:  Resíduos indiferenciados (RU)

Processo de tratamento: Triagem

Capacidade máxima de processamento: 100 000 t/ano

Data de entrada em funcionamento: Julho de 2015

Amarsul - Central de Valorização Orgânica

Localização:  EcoParque do Seixal, Pinhal Alto dos Carrascos, 2845-195 AMORA

Área ocupada: 4 ha

Origem dos RU: Municípios de Almada e Seixal.

Resíduos aceites/tratados:  Resíduos sólidos urbanos e resíduos verdes.

Processo de tratamento: Tratamento mecânico e biológico (digestão anaeróbia + compostagem).

Capacidade máxima de processamento: 105.000 t/ano

Data de entrada em funcionamento: Maio de 2015

Amarsul - Central de Compostagem

Localização: EcoParque de Setúbal, Poçoilos, Estrada de Algeruz, 2910-288 SETÚBAL

Área ocupada: 4,4 ha

Origem dos RU: Municípios de Setúbal e Palmela.

Resíduos aceites/tratados:  Resíduos sólidos urbanos e resíduos verdes.

Processo de tratamento: Tratamento mecânico e biológico (compostagem)

Capacidade máxima de processamento: 50.000 t/ano

Data de entrada em funcionamento: Novembro de 1994

Amarsul - Unidade de Tratamento Mecânico

Localizações: Ecoparque Palmela

Valorsul – Estação de Tratamento e Valorização Orgânica

Localização: Rua Fernando Maia Serra da Mira Mina de Água 2650-262 Amadora

Área ocupada: 4 ha

Origem dos RU: Restaurantes, cantinas, mercados, hotéis.

Resíduos aceites/tratados:  Resíduos orgânicos

Processo de tratamento: Digestão anaeróbia.

Capacidade máxima de processamento: 40.000 toneladas por ano numa primeira fase; 60.000 toneladas por ano numa segunda fase.

Data de entrada em funcionamento: 3 de fevereiro de 2005

Valnor - Central de Valorização Orgânica

Localização: Centro Integrado de Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos Herdade da Marrãs 7480-352 FIGUEIRA E BARROS

Área ocupada: 94.135 ha

Origem dos RU: Municípios Abrantes, Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo Branco, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Idanha-a-Nova, Mação, Marvão, Monforte, Nisa, Oleiros, Ponte de Sôr, Portalegre, Proença-a-Nova, Sardoal, Sertã, Sousel, Vila de Rei e Vila Velha de Rodão.

Resíduos aceites/tratados:  Resíduos urbanos e resíduos verdes.

Processo de tratamento: Tratamento mecânico e biológico (compostagem)

Capacidade máxima de processamento: 125.000 t/ano

Data de entrada em funcionamento: Maio de 2009

Valorlis - Central de Valorização Orgânica

Localizações: Leiria

Ersuc - Unidade de Tratamento Mecânico e Biológico

Localização:  Coimbra e Aveiro

Resiestrela - Unidade de Tratamento Mecânico e Biológico

Localização: Centro de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos - Estrada de Peroviseu - Quinta das Areias – 6230 Fundão

Área ocupada: 24 ha

Origem dos RU: Municípios: Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Meda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso.

Resíduos aceites/tratados:  Resíduos urbanos e resíduos verdes.

Processo de tratamento: Tratamento mecânico e biológico (compostagem)

Capacidade máxima de processamento60.000 t/ano

Data de entrada em funcionamento: Dezembro de 2001

Suldouro - Central de Valorização Orgânica

Localizações: Sermonde

Suldouro - Unidade de Tratamento Mecânico

Localização: Sermonde

Resinorte - Unidade de Tratamento Mecânico e Biológico

Localização: Vila Nova de Famalicão